O super-herói do final de semana foi o soldado do Corpo de Bombeiros de Chapadão do Sul, Paulo Henrique Fazan Rafael. No sábado, 11, ele salvou a vida de um recém-nascido de 20 dias, engasgado com leite materno.

Segundo informações do site Enfoque MS, a mãe do bebê, Mariane Souza de Castro, disse que o recém-nascido não arrotou após mamar e dormiu em sequência. A criança não chorou e uma secreção começou a sair pelo nariz do menino, que estava com uma cor arroxeada.

Ao notar que Luiz Otávio já apresentava falta de respiração, os pais procuram socorro junto a unidade dos bombeiros. Quando chegaram buzinando, o soldado percebeu que era uma ocorrência urgente e correu em auxílio.

Ainda no portão do quartel o militar iniciou procedimento para desobstruir as vias aéreas da criança, utilizando uma técnica conhecida como “Manobra de Heimlich”.

Após dois ciclos do procedimento a criança voltou a respirar e a chorar, para alívio dos pais.

Com os sinais vitais restabelecidos a criança foi encaminhada para atendimento médico do Pronto Socorro do Hospital Municipal.

De acordo com o militar, a rapidez no atendimento foi crucial. “Os pais, ao perceberem que o bebê não estava bem, apresentando ausência de choro, tonalidade arroxeada da pele e a ausência de resposta após estímulos, procuram o socorro de imediato, propiciando uma ação rápida na criança”.

Comentários