Não teve pra ninguém: no quesito churrasco rústico só deu o time três-lagoense; equipe deve participar de outras competições internacionais

Vim, vi e venci: em sua primeira competição, os churrasqueiros da equipe Brutus, de Três Lagoas, trouxeram para casa seu primeiro troféu. E não foi qualquer um, não: foi logo o primeiro lugar geral na categoria Churrasco Ancestral.

Conhecido também como “churrasco rústico”, a categoria é a especialidade dos Brutus: fogo no chão, sem panelas ou outros utensílios para preparo. Só os churrasqueiros, a carne e o fogo.

A competição aconteceu neste final de semana, durante a 1ª Cumbre Internacional de Parrilleros, realizada em La Serena, no Chine, e promovida pela Associação Chilena de Parrilleros e pela Confederación Latinoamericana de Asadores.

Os Brutus ficaram com o primeiro lugar na categoria cordeiro e segundo lugar com o churrasco de porco, o que rendeu a 1ª colocação geral.

Com isso, o time três-lagoense ganhou o prêmio de US$ 1 mil, além de produtos dos patrocinadores. A vitória também rendeu a inscrição no Torneio Internacional de Churrasqueiros que será realizado no Chile no ano que vem e vários convites para competições e festas em toda a América Latina.

“A vitória foi uma surpresa, já que o time é novo, é nossa primeira experiência internacional”, contou ao Perfil News o presidente do Brutus e capitão da equipe, Laerte Augusti Jr.

O desempenho surpreendente dos novatos abriu os olhos dos profissionais do churrasco de toda a América Latina: com o troféu vieram convites para vários campeonatos e festas de churrasco em toda a região.

“Temos convite para participar em setembro no Uruguai, em março no Paraguai, também tem convite da Argentina e estamos esperançosos que a Associação Brasileira faça o convite para participarmos do campeonato da Colômbia”, afirmou Laerte.

Com pouco mais de um ano de atividade, a equipe já é considerada a 4ª melhor do país.

Comentários