02/04/2016 12h23 – Atualizado em 02/04/2016 12h23

Categoria pede ainda abono no valor de R$ 300

Da redação

Reunidos na tarde desta sexta-feira (1º), na Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), a Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar rejeitou proposta do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), que concede R$ 200 de abono salarial à categoria.

Na ocasião, nova proposta foi votada e deve ser apresentada ao governador na próxima reunião, agendada para acontecer dia 11 de abril. Com mais de 3.500 filiados entre bombeiros e policiais militares a classe pede reajuste de 11,33% mais abono salarial de R$ 300.

No dia 13 de abril será realizada assembleia para decidir os próximos passos da categoria.

Participaram da reunião representantes de Fátima do Sul, Três Lagoas, Dourados, Jardim, Corumbá, Coxim, Aquidauana, Paranaíba, Bataguassu, Ponta Porã e Nova Andradina.

(*) Correio do Estado

Último reajuste foi em 2014 - Foto: Gerson Oliveira/Correio do Estado

Comentários