24.3 C
Três Lagoas
quinta-feira, 27 de janeiro, 2022

CACHIMBO DA PAZ

23/03/2011 21h21 – Atualizado em 23/03/2011 21h21

Dizem que o vereador André Ribeiro (PMDB) andou fumando o cachimbo da paz com a prefeita de Santa Rita do Pardo

Se os comentários são procedentes alguma coisa grande e bota grande nisso deve ter acontecido

Caldeirão do Bolsão – Ricardo Ojeda

CACHIMBO DA PAZ

Dizem que o vereador André Ribeiro (PMDB) andou fumando o cachimbo da paz com a prefeita de Santa Rita do Pardo, Eledir Barcelos (PT). Segundo consta, o presidente da Câmara até participou da festa de aniversário ocorrido nessa semana.

CRÍTICAS EMBASADAS

Se os comentários são procedentes alguma coisa grande e bota grande nisso deve ter acontecido. Para ter uma idéia, Ribeiro, até então era o mais ferrenho crítico da administração, diga-se de passagem, crítico com muito embasamento.

AMEAÇA DE CASSAÇÃO

Nos bastidores da Câmara de Santa Rita falavam-se que André Ribeiro iria renunciar a presidência. Ele vinha sendo perseguido pelos demais pares, que ameaçavam cassá-lo. Pelo que chegou ao conhecimento da coluna, as acusações não tinham embasamento para tal finalidade.

CENÁRIO POLÍTICO

Diante desse quadro, o cenário político em Santa Rita do Pardo segue como se nada tivesse acontecido. É deprimente, para não dizer vergonhoso.

EM FLAGRANTE

Importante lembrar que a maioria dos legisladores são parentes dos ex-vereadores que foram presos em abril de 2006 extorquindo a prefeita. O acontecimento foi destaque nos principais veículos de comunicação do país.

AMNÉSIA

São esses vereadores que pertencem à base de sustentação da prefeita, a mesma que armou o flagrante que culminou com a prisão dos vereadores. Interessante como eles esqueceram fácil o acontecimento. Como o mundo gira!

OUSADIA

A ousadia de dois atiradores que dispararam sete tiros a queima-roupa em um homem no inicio da noite dessa quarta-feira preocupa a comunidade de Três Lagoas. Os assassinos não respeitaram nem a delegacia do DIG, que fica nas proximidades.

TESTEMUNHAS

O pior disso é que no momento do crime, a vítima brincava com uma criança. Os pistoleiros não se preocuparam com a situação. Clientes do bar do João Barriga, que fica ao lado da residência assistiram a chocante cena e viram os atiradores fugirem do local de moto.

BOLA DE CRISTAL

Embora as polícias, cível e militar venham fazendo um bom trabalho no combate à criminalidade, ocorrências como essa não tem como prevenir. Não existe bola de cristal para evitar um crime dessa natureza.

EMPENHO REDOBRADO

Agora, mais do que nunca os policiais da DIG terão que redobrar nas investigações para elucidar mais esse homicídio. Se depender do dinamismo da equipe do delegado Ailton Pereira, a prisão desses elementos é questão de horas.

CABRA MACHO

Falando nisso, o delegado regional mais bravo de todo Bolsão, Vitor Lopes será entrevistado pelo titular do Caldeirão na TV Perfil. Lopes falará sobre a situação do Polícia Civil, índice de criminalidade e fará um comparativo dos anos anteriores. A entrevista acontecerá na próxima semana.

BRINCADEIRA INDIGESTA

Pelo jeito a titular da Delegacia da Mulher, Letícia Mobis não deglutiu bem a brincadeira com ela, recentemente publicada aqui no Caldeirão. Em entrevista ao site Perfil News, para uma matéria enfocando o Dia Internacional da Mulher.

PESO PESADO

Foi postado um comentário na participação dela em uma perseguição policial. A valente delegada portava na cintura uma baita de uma pistola, que de tão pesada atrapalhava a movimentação da policial. Apenas isso.

BRINCADEIRA PRECONCEITUOSA

A delegada achou a brincadeira preconceituosa, inclusive citou na entrevista como referência de preconceito contra a mulher. Não tem nada a ver e em breve essa questão será dirimida. Assim espero.

REPERCUSSÃO

A notinha da possível dobradinha dos vereadores Jorge Martinho (PMDB) e Ângelo Guerreiro (PDT) está dando muita repercussão ma cidade. Vários comentários de apoio a eles estão chegando à redação do Perfil News.

OLHOS BEM ABERTOS

Diante desse quadro, é salutar a prefeita Márcia Moura (PMDB) candidata natural a reeleição ficar bem esperta nos movimentos da dupla dinâmica. Afinal, quem chega à frente bebe água limpa.

DESPONTANDO NO HORIZONTE

Outro nome que começa a despontar com desenvoltura nas rodinhas dos corneteiros de plantão é do presidente da Câmara, Nuna Viana (PMDB). Ele tem desfilado entre Três Lagoas e Campo Grande, tendo como destino o gabinete do deputado Eduardo Rocha.

PRESTÍGIO

Nos corredores da Assembleia Legislativa, bem como no segundo gabinete mais poderoso do Parque dos Poderes, Nuna não precisa nem mais ser anunciado. Já chega e vai entrando sem bater na porta. Isso tem nome: prestígio.

IN LOCO

Em abril, os vereadores Tonhão (PPS) e Nuna devem ir a Brasília junto com o deputado Eduardo Rocha. Os três vão verificar in loco com a bancada federal o porquê que até agora as verbas emergenciais, destinadas a Três Lagoas não foram liberadas pelo governo federal.

APRESENTAÇÃO ESPECIAL

O circo Beto Carrero deverá nessa quinta-feira fazer uma apresentação especial para os alunos da rede municipal de ensino. O circo vai doar vários instrumentos para atender a escola de circo que está sendo instituída no município, através do departamento municipal de Cultura.

PMDB EM CRISE

A cúpula do PMDB de MS enfrenta um grande e perigoso dilema, que poderá levar a um racha da sigla nas eleições municipais de 2012.

POSIÇÕES ADVERSAS

O problema é originado por posições adversas, dentro do partido, em relação à escolha do candidato que vai tentar suceder o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, no comando daquela cidade.

DOIS MANDATOS

Trad, grande protegido e aliado do governador André Puccinelli, vai completar oito anos à frente do comando da Capital.

NOME MAIS FORTE

A exemplo do governador, Trad é a favor de projeto que leve a coligação comandada pelo PMDB (formada por mais de 10 partidos) a indicar, para a disputa de sua sucessão, o nome, entre vários pré-candidatos da aliança, que tenha maior densidade eleitoral às vésperas do pleito do próximo ano.

IDÉIA COMBATIDA

A idéia defendida por Trad e Puccinelli é amplamente combatida pelo médico Paulo Siufi, presidente da Câmara de Vereadores da Capital e que nutre imensa vontade de concorrer à sucessão de Trad.

AMEAÇA DE DESERÇÃO

Siufi, inclusive, ameaça sair do PMDB, caso os caciques da legenda no Estado levem adiante o projeto de não contemplar unicamente pré-candidatos da sigla na análise que culminará com a escolha do candidato que lutará pela vaga de Trad.

NOMES FORTALECIDOS

A desconfiança de Siufi é de que Puccinelli e Trad já estejam, nos bastidores, operando para fortalecer um dos nomes que até pouco tempo fizeram parte do staff do governador no Executivo estadual ou na prefeitura de Campo Grande, onde Puccinelli permaneceu por oito anos seguidos.

CAMPANHAS PATROCINADAS

Nas eleições de 2010, Puccinelli patrocinou candidaturas de ex-assessores seus nas duas administrações e que, por conveniências tipicamente políticas, se espalharam pelas mais diferentes siglas que compõem a aliança do governador e de Trad.

NOMES PULVERIZADOS

Muitos desses protegidos seus, aliás, foram eleitos para os parlamentos estadual e federal nas eleições do ano passado. Eles estariam espalhados, atualmente, por siglas como o DEM, PR e PSDB, por exemplo.

FILOSOFANDO

“Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não consegue enganar todas por todo o tempo.” (Abraham Lincoln)

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.