09/11/2006 17h27 – Atualizado em 09/11/2006 17h27

Termina nesta sexta-feira (10) de novembro o cadastramento de pescadores artesanais de Três Lagoas para pagamento do seguro-desemprego durante a Piracema. A informação é do presidente da Colônia de Pescadores do Jupiá, Milton Garcia Duarte. De acordo com a Agência Popular de Mato Grosso do Sul equipes da Fundação do Trabalho e Economia Solidária (Funtrab) o cadastramento nas colônias de pescadores ocorrerá até o dia 16 de novembro nos municípios de Mundo Novo, Fátima do Sul, Paranaíba, Bonito, Porto Murtinho, Corumbá, Coxim, Miranda e Aquidauana. BENEFÍCIO Pescadores da bacia do Paraná e da bacia do Paraguai a partir do cadastramento terão direito a quatro parcelas do seguro-desemprego durante o período de defeso, no valor de um salário mínimo. DOCUMENTOS Segundo o presidente da Colônia do Jupiá, para ter direito ao benefício o pescador deve fazer um requerimento, e apresentar os seguintes documentos: xérox do Nit, Pis, carteira da pesca, comprovante de pagamento das contribuições previdenciárias, carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho e declaração de que realmente exerce a atividade pesqueira. Milton Garcia disse ainda que o benefício é destinado a pescadores que possuam no mínimo um ano de atividade no setor e que não tenham outro vínculo empregatício. A Colônia de Pescadores do Jupiá, segundo Milton Garcia conta atualmente com 624 pescadores afiliados. ‘Um número que deverá reduzir após o recadastramento’, comenta. ‘Já foram remetidos mais de 350 cadastros de pescadores ao Funtrab’, informou o presidente, que acredita que aproximadamente 300 pescadores da Colônia deverão requer o seguro-desemprego até amanhã (10).

Comentários