25/06/2019 19h41

Ricardo Ojeda, Guta Rufino

UFA, ATÉ QUE ENFIM!!!O aparelho de Raio-X da Upa vai ser instalado até a próxia semana na Unidade de Pronto Atendimento.

MAS O QUE ACONTECEU?Nos primeiros meses do ano passado o aparelho já apresentava problemas que foram solucionados por meio de ajustes feitos a partir de contatos com a Philips. Entretanto, em junho do ano passado – há um ano – o aparelho deixou de funcionar. Foi aí que a Philips enviou um engenheiro de uma central da marca em Campo Grande para verificar o problema. Saiba mais aqui

CASO GRAVÍSSIMONa sessão da Câmara desta terça-feira (25), a vereadora Cristina (SD) falou sobre a falta do medicamento AZT (azidotimidina), um xarope imprescindível a crianças que foram expostas ao vírus HIV durante a gestação. Segundo a vereadora, duas crianças em Três Lagoas fazem o uso do medicamento. Uma usa 8 frascos por mês e outra usa três. Além disso três gestantes próximas de dar à luz também vão precisar desse medicamento para os filhos.

PREOCUPANTEAinda em seu pronunciamento a vereadora também mencionou que casais que estão na fila de adoção por “crianças positivas” a têm procurado para saber como proceder diante a falta do medicamento. A situação é grave em todo o país. A vereadora do SD falou que já entrou em contato com inúmeros municípios de diversos estados do país e não consegue o medicamento. Em apoio o vereador Marcus Bazé (DEM) falou em levar o assusto às esferas estadual e nacional para solucionar o grave problema que é a falta desse medicamento.

UM CONVITE (I)RECUSÁVEL (.)(?)Na oportunidade, o vereador Marcus Bazé, que está em ritmo de festa com o diretório do Democratas e a fundação do DEM Jovem no município, deixou um convite à vereadora Cristina, do Solidariedade. “Renove de novo, o Democratas tem a sua cara”. A proposta foi feita em forma de elogio ao trabalho que a vereadora vem exercendo.

TROCANDO FARPASForam vários os momentos que os vereadores Tonhão (MDB) e Sargento Rodrigues (PSC) trocaram farpas. Em um primeiro momento, o vereador do PSC alertou para as condições dos mobiliários da Sejuvel (Secretaria de Esporte e Juventude), e outro, questionou a Prefeitura não ter viabilizado o stand de tiros do 2º Batalhão da PM, a partir dos R$ 600 mil que a Câmara devolveu para a Prefeitura. Diante disso, Tonhão, vereador da base do prefeito, se posicionou.

ELE NÃO É OBRIGADO A NADASegundo Tonhão, a questão do sucateamento do mobiliário infelizmente não acontece apenas na Sejuvel. Entretanto, em especial no caso dessa secretaria que está prestes a mudar de endereço, ganhará, junto ao novo prédio onde será instalada, novos equipamentos e mobília. Sobre o stand de tiros Tonhão foi categórico e teve apoio de outros vereadores quando disse que “existem coisas mais importantes a se fazer com esse dinheiro e quem vai decidir é o prefeito. O stand de tiros não é competência da Câmara, nem da Prefeitura, muito menos do 2º BPM, mas sim do Estado”, pontuou.

O CRIME CAIUUma boa notícia: os índices de criminalidade em Três Lagoas diminuíram. O roubo, um dos crimes mais preocupantes e agressivos, alcançou seu índice mais baixo dos últimos 12 anos, segundo dados da Polícia Militar. E o mérito pelos resultados positivos da Segurança Pública, não à toa, são do Major Ênio de Souza, que assumiu o 2º BPM há pouco mais de um ano e tem prestado um excelente serviço ao município.

BLITZO número de acidentes de trânsito tem aumentado, inclusive com acidente fatal. Diante disso o 2º BPM tem intensificado as blitz de trânsito pela cidade. De acordo com o comandante do 2º BPM, o maior problema dos condutores de veículos hoje, segundo analisado nas ocorrências, é a falta de atenção, celular ao volante e dirigir embriagado.

ACESSIBILIDADEAinda na sessão da Câmara um projeto de lei apresentado pelo vereador André Bittencourt prevê que mercados e demais estabelecimentos comerciais similares tenham carrinhos adaptados para deficientes físicos e cadeirantes. Não menos importante, na sessão passada (18/06), um dos projetos de lei aprovados foi o que propunha fornecimento de livros em braile para a Biblioteca Municipal atender o público deficiente visual.

Foto: Divulgação

Comentários