01/04/2015 09h26 – Atualizado em 01/04/2015 09h26

Como nos casos recentes em Bataguassu (MS) e Primavera, distrito de Rosana (SP), caixas eletrônicos foram estourados mediante uso de explosivos

Assessoria

A Câmara dos Deputados aprovou ontem (31) projeto de lei que aumenta a pena pelo uso de explosivos no furto qualificado, como no caso de explosões de caixas eletrônicos. A proposta, segundo assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, foi aprovada com as alterações sugeridas em fevereiro pelo governador Geraldo Alckmin em visita a Brasilia.

“Muito importante a aprovação do PL pela Câmara, com as sugestões encaminhadas pelo governador Geraldo Alckmin, pois possibilitará uma resposta mais eficiente no combate a esse crime perigoso que coloca em risco a sociedade”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, ao tomar conhecimento do resultado da votação.

A proposta aprovada é o projeto de lei 3841/2012. As modificações incluídas no PL constam do projeto de lei 850/2015, que foi sugerido pelo Governo do Estado.

Tal advento permite uma punição mais rigorosa a crimes como os que aconteceram recentemente em Bataguassu (MS), na madrugada desta quarta-feira (01) e em Primavera, distrito de Rosana (SP), na madrugada de terça-feira (31).

Com informações da Assecom SSP/SP

Caixas eletrônicos dos bancos do Brasil e Bradesco, explodidos em Primavera, ontem de madrugada (Foto: Jornal da Nova)

Comentários