24/06/2015 16h12 – Atualizado em 24/06/2015 16h12

O valor será retroativo, pois a data-base da categoria municipal foi em 1º de maio

Assessoria

A Câmara Municipal aprovou, na noite de terça-feira (23), o projeto de lei nº 45, que trata da revisão anual dos salários dos servidores públicos. Assim, a prefeitura fica autorizada a conceder 6% de reajuste, retroativo a 1º de maio, que é a data-base da categoria.

A matéria já tinha tramitado, sem ser votada, por solicitação dos representantes da categoria, pois havia a expectativa de que a prefeitura e os servidores negociassem um reajuste maior, chegando ao índice de 8,17%, que é a inflação registrada no período.

No entanto, como as negociações não evoluíram, a categoria reivindicou que o reajuste fosse votado, visando a aplicação do percentual o quanto antes.

Durante a sessão, vários vereadores se pronunciaram favoráveis ao aumento pelo índice maior, porém lamentaram que o Executivo é quem pode estabelecer o aumento. No entanto, segundo o vereador Tonhão, é possível discutir uma complementação, entre os meses de setembro e novembro, conforme a evolução da arrecadação. Este tipo de alternativa já vem sendo praticada em outros municípios.

Na sessão de ontem, também foi aprovado o projeto de lei nº 27, que determina a exigência de sorteio público para definição das pessoas que serão beneficiadas com moradias populares, dos programas desenvolvidos pelo município.

A propositura é do vereador Jorge Martinho. Segundo ele, o critério de escolha dos beneficiados será mais transparente com o sorteio público. Martinho explicou que este mecanismo vai se somar ao sorteio das unidades habitacionais, que já é público, tornando o processo mais democrático.

Gerente da Sanesul

O gerente regional da Sanesul, Gilmar Araújo Tabone, recém-nomeado pelo governador Reinaldo Azambuja, para o cargo, usou a tribuna livre da Câmara Municipal de Três Lagoas, na terça-feira (23) para se apresentar à comunidade e se colocar à disposição dos vereadores para atendimento às indicações encaminhadas pela população.

O gerente fez um breve relatório sobre os investimentos recentemente feitos pela concessionária, no município, e também traçou o planejamento para os próximos
anos.

De acordo com os dados apresentados, após o novo contrato, a empresa fez investimentos na ordem de R$ 101 milhões, envolvendo os serviços de água e esgoto, e já estão aprovados outros R$ 86 milhões, ainda não liberados para execução de obras.

(*) Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Três Lagoas

O gerente regional da Sanesul, Gilmar Araújo Tabone, recém-nomeado pelo governador Reinaldo Azambuja. (Foto: Assessoria)

Comentários