25/04/2018 15h01

Portanto, o evento não é de responsabilidade do Legislativo costarriquense, que se restringiu tão somente a fornecer o espaço para promoção dessa palestra

Redação

Circulou recentemente nas redes sociais um banner divulgando que no próximo dia 27 de abril o promotor de justiça, Sérgio Harfouche, ministrará uma palestra em Costa Rica-MS. Ocorre que o referido banner, ao usar o brasão do município e destacar em evidência o nome da Câmara de Vereadores da cidade, acaba, ainda que sem querer, induzindo o leitor a entender que a palestra será promovida pelo Legislativo costarriquense.

Deste modo, a Câmara Municipal de Costa Rica esclarece que apenas cedeu, a pedido dos organizadores, o plenário da Casa de Leis para a realização da palestra do promotor de justiça. Portanto, o evento não é de responsabilidade do Legislativo costarriquense, que se restringiu tão somente a fornecer o espaço para promoção dessa palestra.

Ainda para efeito de esclarecimento, quando o nome da Câmara de Vereadores de Costa Rica aparece no banner de divulgação da palestra de Sérgio Harfouche, a intenção é apenas de informar o local onde vai ser realizado o evento.

Vale destacar que é comum a Câmara de Costa Rica ceder gratuitamente o plenário da Casa de Leis para a realização dos mais diversos eventos, que possuem interesse público. E não poderia ser diferente, já que o Parlamento Municipal funciona legitimamente como a “casa do povo”.

A Presidência da Câmara, tão logo recebeu o pedido dos organizadores da palestra de Sérgio Harfhouche, imediatamente autorizou o uso do plenário da Casa de Leis para sediar o evento, mas sem nenhuma responsabilidade pela organização e realização da palestra.

(*) Assessoria de Comunicação

Comentários