29/08/2017 13h58

Membros da família Salomão e cabeleireiro José Duarte receberam uma das maiores honrarias do município

Redação

Na noite desta segunda-feira (28), em sessão solene proposta pelos vereadores André Luiz Bittencourt, Marcus Bazé, Adriano César Rodrigues, Davis Martinelli e Gilmar Garcia Tosta, foram outorgados títulos de Cidadão Três-lagoense, Moções de Congratulação e Mérito Esportivo. Além dos quatro títulos de cidadão, entregues para Jefferson Salomão, Helena Salomão Nery e Carlos Fernando da Câmara Nery, membros da tradicional família Salomão, e para José Duarte, cabeleireiro, foram entregues outras sete moções de congratulação e 25 diplomas de mérito esportivo.

Além dos vereadores propositores das honrarias, a mesa foi composta pelo comandante dos bombeiros Leandro Mota, pelo coordenador do curso de Direito da UFMS Aldo Aranha de Castro, pelo chefe de gabinete da administração municipal José Aparecido de Moraes, pela secretária Municipal de Saúde Angelina Zuque, pela secretária de Educação e Cultura Maria Célia Medeiros, pelo vice-prefeito Paulo Salomão e pelo presidente da OAB Antonio Costa Corcioli.

CIDADÃOES TRÊS-LAGOENSES

A maior honraria que uma pessoa não nata no município pode receber é o título de cidadão, que reconhece os relevantes serviços prestados em prol do futuro e crescimento da cidade. E este título foi entregue para três membros da tradicional Família Salomão.

Jefferson Salomão, bacharel em Direito, migrou para a cidade de Bauru/SP, para fazer faculdade, formando-se em 1978. Voltou para Três Lagoas, onde reside atualmente. Atua ativamente no ramo empresarial, mais especificamente, no ramo da pecuária, assim contribuindo para o desenvolvimento e progresso da cidade, gerando emprego para a população local. Jefferson foi um dos responsáveis por atrair investidores para implantação do primeiro shopping do município.

Helena Salomão Nery nasceu em São Paulo, capital, mas foi criada em Três Lagoas. Cursou a faculdade de Filosofia e formou-se em Letras. Fez especialização nos Estados Unidos, na Universidade da Califórnia, Los Angeles. Durante muitos anos, ajuda seu pai no escritório de contabilidade e pecuária.

Carlos Fernando da Câmara Nery nasceu em Paraguaçu Paulista/SP. Formado em Medicina na Faculdade Federal de Medicina do Paraná, em 1972. Fez curso de especialização em Ortopedia na cidade de Santos/SP. Veio para Três Lagoas para prestar serviço no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, de 1975 a 2014. Trabalhou no Sindicato Rural, por seis anos. Trabalhou na Clínica da Criança por cinco anos. Atua em sua clínica particular, como ortopedista, e também no Hospital Auxiliadora, no setor de especialidades médicas, dando suporte para uma melhor vazão dos convênios.

Além dos membros da Família Salomão, outro merecedor da honraria foi José Duarte, nascido em 10 de março de 1966, na cidade de Campo Grande. Aos 14 anos, em seu primeiro emprego no Studio Tigreza, em Campo Grande, descobriu sua profissão. Fez curso de formação de cabeleireiro em diversos centros, como São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Firmou-se na área de estética em cabelos em Campo Grande, onde conheceu a três-lagoense Elaine Congro que o convidou para vir para Três Lagoas. Hoje, reside em Três Lagoas onde atua há 32 anos no mercado estético. Reconhecido como profissional ético e como agente social político, é proprietário do Duarte Cabeleireiro, buscando a cada dia deixar sua marca de pessoa comprometida.

BANDA SPARTAN

Fundada em 16 de abril de 2016, na cidade de Três Lagoas, por iniciativa do professor de artes e maestro Eliseu Garcia, com a parceria do diretor Vinicius Belon e da diretora Luciana Nascimento, na escola municipal Parque São Carlos. O objetivo principal é ajudar seus alunos a melhorar o desempenho escolar e a prática da cidadania, podendo assim também mantê-los por mais tempo dentro da escola, aliando educação à cultura, atendendo todas as crianças e adolescentes que se interessam, sendo ou não alunos da escola.

O nome Spartan surgiu inspirado na história grega, pois o maestro, a direção da escola e seus alunos enfrentaram diversas dificuldades para iniciar o projeto de forma independente, sem parcerias, lutando contra tudo e todos. A banda trabalha ao todo com, aproximadamente, 60 integrantes, entre crianças e adolescentes com faixa etária entre 8 a 18 anos. Apesar de ser uma corporação com um pouco mais de um ano de criação, já participou da final do campeonato estadual que foi realizado em Nazaré Paulista/SP, se consagrando campeã em sua categoria.

Outra premiação expressiva, desta vez em Cordeirópolis/SP, no Campeonato Interestadual de Bandas e Fanfarras do Brasil, ficou entre as três melhores do campeonato, se destacando por ser a única representante do Estado do Mato Grosso do Sul, levando o nome da Escola Municipal Parque São Carlos para o cenário nacional.

Quem recebeu a Moção de Congratulação destinada à Banda Spartan foi o maestro Vinícius Belon, que agradeceu especialmente a secretária de Educação e Cultura, Maria Célia Medeiros, por dar todo o apoio necessário para que a banda se concretizasse. “Somos a única escola do Mato Grosso do Sul que recebeu prêmios em campeonatos. Obrigado André Bittencourt por apoiar, correndo atrás de um ônibus para nos levar no campeonato. Obrigado a todos pelo reconhecimento. Fazemos isso com o nosso coração e temos o objetivo de tocar o coração de cada um que nos ouve”, agradeceu Belon.

O presidente da Câmara, vereador André Bittencourt, em seu discurso, citou a rapidez com que a Banda Spartan alcançou visibilidade nacional. “Sempre com muito pouco, mas com grandes profissionais que fazem a diferença”, ressaltou.

MÉRITO ESPORTIVO

A Moção de Congratulação, na modalidade Diploma de Mérito Esportivo, foi entregue para os 23 atletas das equipes feminina e masculina de basquete de Três Lagoas, bem como seus dois treinadores, Edilson Tavares e Leandro Soto, pela conquista do segundo e terceiro lugar durante a disputa do Campeonato Estadual, em Água Clara/MS.

EQUIPE FEMININA: Manuella Gobi Tavares, Izabella Rodrigues Souza, GeovanaBazé de Lima Ribeiro, Maria Clara Mercante Brandão, Yasmim Alves S. de Araújo, Alice Marchi da Silva, Mariana N. J. da Silva Maciel, Ana Júlia Marin Pereira, Clara Eliza Jordão Garcia, Maria Eduarda Santos Guimarães e Geovanna Caroline Elias da Silva.

EQUIPE MASCULINA: Elber Vinícius S. Santos, Pedro H. Leme Santos, Daniel Davi Piovesan, Henrique Sousa Silva, Felipe Congro Lousa, ChrislerRozeno Dias, Enzo Enrique C. Benazet, Natan Rodrigues Ribeiro, Gabriel Pinheiro Barata de Macedo, Gabriel Fernandes Barroso, Bruno Silveira Cacholari e Kristhian Moreira R. da Silva.
O vereador Marcus Bazéagradeceu aos técnicos: “sem esse coração de pai que vocês técnicos têm, muitos estariam desgarrados do esporte”, afirmou.

ACADÊMICOS

A solenidade também homenageou acadêmicos do município com Moções de Congratulação. Uma foi entregue para o acadêmico Luiz Henrique Moreno do Nascimento, que cursou o Ensino Fundamental no Colégio Hermesindo Alonso Gonzales e o Ensino Médio na rede pública estadual escola Fernando Corrêa, sentindo muito carinho por esta instituição de ensino.

Em 2016, ingressou na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, cursando a Faculdade de Administração de Empresas, campus de Três Lagoas. Todavia, no final de 2016, decidiu fazer o Enem novamente. Neste período, descobriu que as universidades portuguesas estavam aceitando o Enem como método de seleção. Assim decidiu se candidatar em três, sendo aprovado em todas, escolhendo a Universidade do Porto, pela sua tradição.

O vereador Marcus Bazé começou seu discurso falando sobre o acadêmico Luiz que homenageou. “Que ele possa ir representar Três Lagoas em Portugal. Você me confidenciou que um dia tinha esse sonho de ser político. Vá, pense na sua formação e quando voltar, tenho certeza que terá seu lugar aqui. Minha mãe sempre disse que não queria que eu fosse o primeiro, mas que estivesse entre eles. Faça isso”, indicou.
Outras quatro moções foram entregues para acadêmicos e ex-acadêmicos de direito da UFMS, bem como, para o Prof. Me. João Francisco de Azevedo Barreto, que participaram de evento das Nações Unidas, realizado em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Este evento é considerado o maior das atividades da ONU, para mais de 5.000 universitários, de 41 países. O evento propõe soluções para problemas de diferentes países.

João Barretoé mestre em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto, advogado, professor adjunto da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, campus Três Lagoas, e membro da Academia Brasileira de Direito Internacional.Os alunos que embarcaram nesta viagem foram: Aldo Almeida Nunes Filho, Cássio Luís Alves Alencar Bezerra, Naiara Trajano dos Santos, Raquel das Neves Rafael.
Barreto considerou a solenidade como um exemplo de integração entre a sociedade.”Estou aqui apenas para lembrar que o valor maior dessas conquistas é dos alunos”, ressaltou. Em nome da UFMS, campus de Três Lagoas, lembrou que “a educação é o caminho fundamental para a sociedade”.

PARABÉNS

Ao encerrar a sessão, Bittencourtressaltou a contribuição de cada homenageado para o Município. “O importante é o legado que cada um de vocês vai deixar, e que continuam a deixar. Vocês que pensam no coletivo. Tudo pela vontade de fazer algo pelo próximo. Esse título é apenas um papel, o que vale é o que está no coração de cada um de vocês. Se cada três-lagoense atuar como vocês, vamos sim fazer a diferença em nossa cidade”.

O vereador Sargento Rodrigues parabenizou a todos os homenageados. “Duarte, que tive o prazer de conhecer nesta noite. E a família Salomão, como vereador, como representante da sociedade, digo que vocês sempre foram três-lagoenses de coração, mas agora é oficial”, afirmou.

O vereador Davis Martinelli, emocionado, falou sua ligação com a Família Salomão. “Se hoje eu estou aqui, devo a essa família”, ressaltou. “Hoje, na administração pública, estamos de lados opostos, mas sempre atuando pela mesma causa”, destacou.
“Hoje Três Lagoas está em festa”, afirmou Gilmar Garcia ao iniciar seu discurso. “Estamos homenageando o esporte, a academia, a música, uma família e um empresário que lutam pelo futuro três-lagoense”, explicou.

O vereador Jorginho do Gás brincou: “com o título, a responsabilidade dobra”.
O vice-prefeito Paulo Salomãoagradeceu por todas as palavras e elogios proferidos para sua família. “Podem ter certeza que nunca vou esquecer esta homenagem que fizeram”, ressaltou.

(*) Assessoria de Comunicação

A maior honraria que uma pessoa não nata no município pode receber é o título de cidadão (Foto/Assessoria)

Comentários