21/02/2018 15h00

Segundo a polícia rodoviária, testemunhas disseram que a vítima dirigia em alta velocidade, inclusive, na curva onde aconteceu o acidente

Redação

Um caminhão com 10.950 pacotes de cigarro contrabandeado tombou em uma curva na MS-339, região de Bodoquena, na segunda-feira (19) e o motorista de 36 anos morreu no local.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR), a equipe da base operacional de Bonito foi informada sobre um caminhão com placas de Cacoal (RO) que seguia em alta velocidade, de Bodoquena a Miranda, fazendo várias ultrapassagens perigosas.

No km 06, os policiais encontraram o caminhão tombado e a carga de cigarros contrabandeados espalhada. Testemunhas no local disseram que viram o condutor do veículo perder o controle da direção em uma curva por causa da alta velocidade e tombar. O motorista morreu no local.

A ocorrência foi atendida pela equipe da Polícia Civil de Miranda e a equipe da Perícia Técnica de Aquidauana que realizaram todos os procedimentos. O caminhão e a carga foram apreendidos e encaminhados para Receita Federal de Campo Grande.

*G1

Testemunhas disseram que caminhão com cigarros contrabandeados tombou na MS-339 por causa da alta velocidade (Foto: PMR/Divulgação)

Comentários