10/01/2013 14h49 – Atualizado em 10/01/2013 14h49

Caminhoneiro morre em hospital depois de ser atingido com tiro na cabeça em assalto

As investigações apontam que bandidos queriam roubar veículo para levar até a fronteira

Da Redação

O motorista David Nunes de Freitas, de 34 anos, morreu na noite de ontem (9), na Santa Casa de Campo Grande, onde estava internado depois de ser atingida por um tiro na cabeça após assalto ocorrido no período da manhã.

Segundo a polícia, a vítima foi contratada para transportar um veículo Fox de Goiás para Campo Grande. O caminhoneiro foi abordado por dois homens, na BR-163, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O caminhão foi encontrado abandonado em uma estrada vicinal.

O delegado Geraldo Marin Barbosa, responsável pelas investigações, acredita que os bandidos tinham intenção de manter a vítima em um cativeiro para levar o caminhão até a fronteira. A ordem para o roubo teria partido de um detento do Presídio de Segurança Máxima.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Repressão de Furtos e Roubos de Veículos (Defurv). Nenhum suspeito foi preso até o momento.

(*) Com informações de Correio do Estado

Comentários