31/01/2019 12h53

Cada 50 centavos se transformam em um litro de água potável para a cidade mineira, vítima do rompimento da barragem da Vale

Gisele Berto

Mais uma vez o três-lagoense se mostra solidário nos momentos de dor. Uma campanha está aceitando doações em dinheiro que se transformarão em água potável para enviar para Brumadinho, para os sobreviventes do rompimento da barragem de rejeitos de minérios da Vale.

A campanha Juntos por Brumadinho já conseguiu arrecadar dinheiro suficiente para enviar cerca de quatro mil litros de água potável para Minas.

O comércio local participa com os pontos de recolhimento de doações em dinheiro, que são encaminhadas à coordenação da campanha. A empresa Aquarela fez a doação da água e do envase. O dinheiro arrecadado é usado para comprar os vasilhames.

Além disso, segundo a arquiteta Débora Rimoli, uma das organizadoras da campanha, muitas pessoas ajudaram nessa corrente do bem. “O pessoal do Nova Estrela está doando o troco solidário e, ainda, dobrando o valor que o consumidor doa. A Azul está dando o transporte gratuito – sem isso, seria inviável levar água daqui para lá. As Igrejas estão recolhendo doações também”, diz Débora.

A arquiteta explica que toda a água doada com esse fim vai com um adesivo, para ser identificada. Além disso, uma equipe de voluntários das igrejas recebem as doações em Brumadinho, para que não haja desvios.

Os pontos de coleta de doações são as lojas Arezzo, Birigui, Chipa Máximo, Espetácullo, gráfica
GraphCad, CADI, Leituga Saúde e supermercado Nova Estrela.

Mais informações sobre pontos de doações podem ser obtidas com a Débora, no telefone 98101-8433.

Comentários