05/03/2018 08h09

Campo Grande retoma lugar como rota de negócios em Mato Grosso do Sul

ADM será oficialmente inaugurada e outlet deverá entrar em operaração este ano

Redação

Após quatro anos de crise econômica e paralisação de grandes investimentos, Campo Grande começa a retomar seu lugar como rota de negócios do empresariado em 2018, com a entrega de dois grandes empreendimentos, que somam aproximadamente R$ 700 milhões e têm capacidade para gerar em torno de 1,5 mil empregos. A fábrica de proteína texturizada de soja da ADM (Archer Daniels Midland Company) marca a entrada, em operação plena, da expansão da indústria na Capital sul-mato-grossense e será inaugurada no mês de abril; já o Shopping Outlet Premier Campo Grande, o sexto da cidade, tem início das operações previsto até dezembro. Ambos ficam situados na região do Núcleo Industrial do Indubrasil, que desde o fim do ano passado passa por intensa revitalização e reordenamento viário, realizados com investimentos públicos estaduais.

No caso específico da ADM, que já opera no Núcleo Industrial e apresentou projeto com investimento em proteína texturizada de soja de US$ 240 milhões, a necessidade de investir em infraestrutura do local foi prioritário por se tratar de produto altamente sensível, destaca o secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck. “Nós estamos alterando todo o fluxo. Hoje, ao invés de você pegar a BR-262 e pegar a via à esquerda, onde tem as escolas, com essa nova estrutura nós vamos utilizar o macroanel viário, lá embaixo, e a rotatória. Então nós estamos investindo R$ 8 milhões através do Fundo de Apoio à Industrialização (FAI) para criar drenagem e infraestrutura, em que o grande beneficiário, nesse momento, é a ADM e todas as indústrias lá instaladas”, explicou.

Ainda conforme o secretário, hoje a capacidade da planta da ADM chega a 40%, porque a indústria também está fazendo mercado — “muito desse produto é importado hoje e eles estão abrindo o mercado deles”, comentou — , mas em junho, na inauguração, ela estará operando com capacidade plena de produção de proteína texturizada de soja.

(*) Correio do Estado

Obras do shopping outlet estão prontas desde ano passado e a previsão é que empreendimento abra até final do ano - Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

Comentários