25.2 C
Três Lagoas
terça-feira, 16 de agosto, 2022
InícioNotíciasestadoCampo-grandense de 75 anos é a primeira a emitir nova Carteira Nacional...

Campo-grandense de 75 anos é a primeira a emitir nova Carteira Nacional de Habilitação

Mato Grosso do Sul é o primeiro estado a realizar a emissão do novo modelo de CNH

Aos 75 anos, Fátima Aparecida do Nascimento é uma das primeiras motoristas do País a receber a nova CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Motorista de ônibus em Campo Grande há duas décadas, ela recebeu o documento nesta quarta-feira (1º), em cerimônia realizada no Bioparque Pantanal, em Campo Grande.

“Estou muito feliz por esse reconhecimento. Isso é muito bom! Eu trabalho há mais de 20 anos cuidando de todos os que pegam o coletivo. Sou muito feliz e dedicada”, contou Fátima.

Mato Grosso do Sul é o primeiro estado a realizar a emissão do novo modelo de CNH, que começa a valer a partir desta quarta-feira (1º) para os motoristas que vão renovar ou tirar a primeira habilitação.

A mudança tem o objetivo de padronizar o sistema e trazer mais segurança aos motoristas com o uso de tinta que brilha no escuro, holograma e impressão reativa a luz ultravioleta, dificultando falsificações.

Mas o condutor não precisa correr para tirar o novo documento. A substituição das CNHs ocorrerá gradualmente à medida que os condutores forem renovando ou emitindo a segunda via.

Representando o ministro Marcelo Sampaio, o secretário executivo do Ministério da Infraestrutura, Bruno Eustáquio, destacou que o documento começa a ser emitido também nos outros estados brasileiros. “A partir de então, a nova CNH está disponível para todo o Brasil”, declarou.

Já o diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Trindade Junior, falou do pioneirismo de Mato Grosso do Sul, que conta com 95% dos serviços de forma digital. “Esse evento coroa o que é o Detran de Mato Grosso do Sul. Não é por acaso que o lançamento é aqui. É porque a gente tem a capacidade”, afirmou.

Rudel contou ainda que o Governo do Estado pretende lançar outros serviços como uma CNH Social exclusiva para motociclistas e o cadastro positivo, que poderá beneficiar 134 mil condutores sem nenhuma infração de trânsito com desconto na renovação da CNH. “Esse é o caminho que temos, que é desonerar o cidadão”.

O presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa, também destacou o trabalho do Detran-MS. “Temos muito orgulho de Mato Grosso do Sul, de sermos a vanguarda”, disse.

E o secretário Nacional de Trânsito, Frederico de Moura Carneiro, contou que o lançamento do documento foi realizado em Mato Grosso do Sul porque o órgão de trânsito se destacou no quesito inovação e digitalização, com histórico de pioneirismo na homologação e lançamento dos novos serviços.

“O Detran de Mato Grosso do Sul é um grande parceiro da Secretaria Nacional de Trânsito, do Ministério da Infraestrutura e vem nos apoiando em diversos processos de transformação digital. Nessa etapa o Detran está presente, sendo o primeiro a expedir o documento na data de hoje”.

Nesta nova versão, a CNH passa a ser aceita em todos os países que assinaram a convenção de Viena. O documento impresso traz a identificação das categorias com equivalência internacional, além de tradução para os idiomas e espanhol, facilitando a vida dos condutores brasileiros fora do País.

Também participaram da cerimônia no Bioparque, diretores da empresa de tecnologia Serpro e a diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez, entre diversas autoridades.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.