30/08/2008 08h36 – Atualizado em 30/08/2008 08h36

A Polícia Militar de Água Clara foi acionada por volta das 21 horas da última quinta-feira (28) a comparecer em uma loja de móveis onde dois homens armados estariam efetuando um assalto contra o proprietário da loja E.G.S,51 anos e o gerente do estabelecimento M.O.M,37 anos.

Uma guarnição da PM se deslocou até o local e encontrou E.G.S que é candidato a vereador, fora do veículo e o gerente dentro do carro com dois homens.

Os policiais tomaram procedimento padrão de abordagem, quando os acusados tentaram sair do carro e empreender fuga sendo impedidos pelos PMs.

Luiz Firmino dos Santos, 28 anos estava com uma arma em punho enquanto o Antônio Carlos de Jesus, 36 anos tentou se desfazer do revolver.

De acordo com a vítima E.G.S, ele foi abordado na frente de seu estabelecimento comercial por Jesus, momento em que foi-lhe tomada uma corrente de ouro com pingente. O criminoso dizia ser policial federal e obrigou que entrasse no veículo, enquanto seu gerente M.O.M estava sob a mira de Santos .Os assaltantes tentavam de todas as formas sair com o veículo, mas não conseguiam.

Durante a prisão houve resistência por parte dos acusados, sendo ambos imobilizados e encaminhados à Delegacia de Polícia local, onde foram entregues com todos seus pertences e com as armas e munições.

Foram apreendidos dois revolveres marca Rossi, ambos com cinco munições e uma faca tipo peixeira de 33 cm.

Na delegacia durante revista nos pertences dos autores foram localizados dois capuzes na cor preta.

Comentários