07/06/2017 07h57

Ele morreu segunda-feira (5), aos 88 anos, após ficar dias internado em um hospital de São José do Rio Preto (SP)

Redação

O corpo do cantor sertanejo Zé da Estrada, que morreu nesta segunda-feira (5), foi enterrado nesta terça-feira (6), em Riolândia (SP), de onde ele era. Waldomiro de Oliveira, verdadeiro nome do cantor, estava internado em um hospital de São José do Rio Preto (SP) em tratamento intensivo havia dias.

Zé da Estrada tinha 88 anos e fazia dupla sertaneja com Pedro Bento. Muitos cantores do mesmo segmento lamentaram a morte do artista nas redes sociais. O cantor Cesar Menotti escreveu: “Que tristeza saber que perdemos mais um cerne da música caipira. Zé da Estrada sempre será pra mim uma referência de respeito à arte”.

Já Capataz, dupla de Carreiro, disse: “Antigamente nem em sonhos existia, tantas pontes sobre os rios, nem asfalto nas estradas…a gente usava 4 ou 5 sinoeiros pra trazer os pantaneiros … Hoje o céu recebe mais um dos desbravadores da música raiz… descanse em paz Zé da Estrada”, lamentou.

(*) G1.Com

Waldomiro de Oliveira, o Zé da Estrada (Foto: Reprodução)

Comentários