08/09/2014 09h13 – Atualizado em 08/09/2014 09h13

Na tarde deste sábado (06), um carro VW Gol com placas de Batayporã foi alvo de um incêndio e ficou completamente destruído. O veículo que pertence a esposa de um cabo da Polícia Militar Rodoviária (PMR), estava estacionado na garagem da casa do militar

Da Redação

Na tarde deste sábado (06), um carro VW Gol com placas de Batayporã foi alvo de um incêndio e ficou completamente destruído. O veículo que pertence a esposa de um cabo da Polícia Militar Rodoviária (PMR), estava estacionado na garagem da casa do militar, que fica localizada na Rua Mario Lopes Beiro, no Bairro Centro Educacional, em Nova Andradina.

A suspeita é de que o incêndio tenha sido criminoso, uma vez que vizinhos teriam visto um homem entrando na casa e depois de quebrar o para-brisas traseiro, teria jogado um liquido inflamável e ateado fogo logo em seguida. As chamas se espalharam rapidamente e testemunhas acionaram o Corpo de Bombeiros que compareceu no local.

Os brigadistas controlaram as chamas e realizaram o rescaldo no veículo, para evitar um novo incêndio. O cabo da PMR não estava na residência no momento do incêndio, ele e a esposa teriam saído minutos antes do suposto crime. O cabo contou que vinha tendo problemas com um vizinho que, constantemente ouvia som acima do volume permitido.

Segundo testemunhas, esse mesmo vizinho foi quem teria incendiado o veículo. A esposa do policial e proprietária do carro disse que devido a uma discussão, por conta de som alto, ela e o marido teriam deixado a residência, a fim de evitar atritos entre as partes. Segundo ela, eles iriam assistir ao desfile de 07 de setembro, quando receberam a informação de que o veículo estava em chamas.

O policial disse que nas próximas horas iria comparecer na Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina e registrar um boletim de ocorrência, para que o caso possa ser investigado pelas autoridades competentes.

(*)Com informação de Nova News

Testemunhas flagraram um vizinho do policial incendiando o veículo (Foto: Germino Roz/Nova News )

A suspeita é de que o incêndio tenha sido criminoso, uma vez que vizinhos teriam visto um homem entrando na casa e depois de quebrar o para-brisas traseiro, teria jogado um liquido inflamável e ateado fogo (Foto: Germino Roz/Nova News)

Comentários