02/04/2015 09h57 – Atualizado em 02/04/2015 09h57

Diariamente são registrados acidentes graves ao longo da rodovia que está esburacada. Isto sem contar com os danos aos veículos

Assessoria

Os incontáveis buracos na rodovia BR-060, entre os municípios de Camapuã a Chapadão do Sul, tornaram-se uma grande ameaça à vida das pessoas que trafegam por ali. “Diariamente são registrados dezenas de incidentes e acidentes por conta das crateras que se alastraram principalmente no período de chuva do final do ano passado para cá”, afirma o prefeito de Chapadão do Sul, Dr. Luiz Felipe Barreto, que apela ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), para que faça imediatamente os devidos consertos.

Nesses últimos meses, segundo o prefeito, até capotamento de veículos, que caíram nas crateras, têm sido registrado ao longo da BR-060. Ele explica também que danos aos veículos e estouro de pneus, tem sido uma constante ao longo de todo trecho da estrada.
Na semana passada, por exemplo, a vice-prefeita de Chapadão do Sul, Elizabeth Buschmann Scheide vinha para Campo Grande para uma reunião na Secretaria de Justiça e Segurança Pública, quando sua viagem foi interrompida, por duas vezes, por conta de pneus do veículo que a conduzia, estourarem depois de passarem sobre buracos.

Alguns acidentes têm sido provados, segundo o prefeito Luiz Felipe Barreto, devido algumas manobras de motoristas quando tentam fazer o desvio dos buracos com seus automóveis e caminhões e acabam passando para a outra pista, onde colidem com outros veículos.

“Esperamos que o DNIT tome as providências necessárias urgentemente para consertar a rodovia e evitando o risco diário da vida de crianças e adultos que trafegam por ali diariamente. É preciso ser ágil numa situação como esta”, afirma o prefeito de Chapadão do Sul, garantindo que a situação tornou-se insustentável.

(*) Imprensa MS Releases

Os veículos que transitam pelo local, tem dificuldades, em razão do tamanho da cratera que está no local. (Foto: Divulgação)

Comentários