18/01/2019 16h18

Postos são para alunos do ensino médio ou superior e bolsas vão até R$ 1.065

Gisele Berto

O Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) está com mais de 20 vagas abertas para estágios em empresas de Três Lagoas. São oportunidades para alunos do ensino médio ou superior de ingressarem no mercado de trabalho e aprenderem uma função.

“Muitos jovens reclamam que as empresas pedem experiência e que não tem como ele ter experiência se ninguém o contratar. O CIEE vem para resolver isso, oferecer um estágio e dar experiência para esse jovem, mesmo no ensino médio ou já no primeiro semestre da faculdade”, afirmou o consultor do CIEE em Três Lagoas, Wesley Chagas Teixeira.

Podem se inscrever estudantes a partir de 16 anos. O contrato de estágio mínimo é de seis meses mas, segundo Wesley, algumas empresas preferem fazer contratos de um ou até dois anos. “O aluno pode ficar no estágio até que complete sua faculdade ou até por dois anos. No caso de contratos de seis meses a empresa pode renovar esse contrato até que dê o tempo máximo”, explica Wesley.

A boa notícia é que, quando o estágio acabar, existe uma boa chance da empresa contratar o estudante e torná-lo funcionário fixo. “Nossas pesquisas internas mostram que 60% dos estagiários acabam sendo efetivados e essa é uma estatística que nos orgulha muito”, conta o consultor.

A carga horária para um estagiário é de, no máximo, seis horas diárias, e nunca esse período pode atrapalhar ou coincidir com o horário de aulas. “As empresas preferem sempre cargas de meio-período, ou seja, quatro horas, de manhã ou à tarde, para não atrapalhar o período de estudos”, diz Wesley.

As vagas abertas no momento são:

  • 8 para Pedagogia
  • 6 para Administração
  • 2 para Arquitetura
  • 2 para Publicidade
  • 2 para Ensino Médio
  • 1 para Análise de Sistemas
  • 1 para contabilidade

As vagas são de remuneradas e as bolsas variam de R$400 a R$1.065. Para concorrer é só se inscrever no site do CIEE. Essas vagas ficarão abertas até dia 31 de janeiro.

Quando o aluno se inscreve, o próprio sistema filtra, inclusive, os estudantes que moram mais perto das empresas contratantes para facilitar o transporte.

Reprodução site CIEE

Comentários