08/09/2014 11h53 – Atualizado em 08/09/2014 11h53

Ciganos tumultuam restaurante no almoço; mendigo agita praça

Sub-Título

Léo Lima

O domingo (07), data comemorativa à Independência do Brasil, foi de muita agitação na cidade, não somente pelo desfile cívico-militar ou pelo tempo chuvoso que reinou boa parte do dia, mas também pela presença de um grupo de ciganos que, segundo a proprietária de um restaurante no centro de Três Lagoas, tumultuou o ambiente, e da perturbação causada por um mendigo na praça Ramez Tebet.

No primeiro caso, consta em boletim de ocorrência registrado pela vítima na Depac (Delegacia de Pronto de Atendimento Comunitário) que um grupo de 30 ciganos, entre homens, mulheres e crianças, por volta do meio dia do referido dia, no horário do almoço, e em certo momento começaram a atrapalhar o serviço no local, fazendo barulho excessivo, não respeitando a fila para o self service, passando na frente de outros clientes e xingando as atendentes.

Conforme a proprietária do estabelecimento comercial localizado na avenida Antônio Trajano, os atendentes não conseguiam realizar o trabalho, prejudicando o serviço no restaurante e consequentemente o atendimento aos demais clientes.

A vítima disse na Depac que, provavelmente, os ciganos vieram de São José do Rio Preto, estado de São Paulo, pois um dos veículos que estavam estacionados em frente tinha a placa daquela cidade.

HAJA PACIÊNCIA

Um homem de 46 anos, que disse estar alojado no albergue localizado em frente ao Hospital Auxiliadora, em Três Lagoas, foi recolhido pela Polícia Militar e encaminhado para a Depac, após ser acusado de perturbar quem passava pela praça Ramez Tebet, na área central da cidade.

O fato ocorreu por volta das 7h30 de ontem, na avenida Antônio Trajano. Segundo boletim de ocorrência, Urbano Alves Nunes importunava transeuntes na praça, chegando até a constranger algumas pessoas.

Ele foi detido em encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário.

Comentários