27/03/2012 10h55 – Atualizado em 27/03/2012 10h55

Da Redação

A Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe) promove o I Curso de Motopatrulhamento Tático e Ações de Choque (CMTC), com 45 vagas. O objetivo é capacitar efetivo para compor especificamente os quadros da subunidade Rondas Ostensivas com Apoio de Motos (Rocam) da Cigcoe.

A capacitação ocorrerá na sede da Cigcoe e em entidades parceiras, em 30 dias letivos, distribuídos em cinco semanas – de 30 de abril a 2 de junho. As inscrições podem ser feitas de 26 até às 13h de 30 de março. Estão sendo oferecidas 37 vagas para cabos e soldados, seis para subtenentes e sargentos e duas para oficiais.

Os interessados devem encaminhar ofício para a P-3/Cigcoe, preencher a ficha modelo I e o requerimento modelo II do edital (anexo no link abaixo), acompanhados de cópias dos seguintes documentos: CNH válida para condução de motocicletas; última ata de TAF realizado na OPM ou certidão comprovando a aptidão do candidato; e das certidões de antecedentes da justiça criminal estadual e federal, que comprove não estar de licença, nem estar respondendo procedimentos administrativos por fatos ofensivos ao decoro da classe e à dignidade Policial Militar e que causem descrédito para a Corporação.

A organização exige ainda que o PM esteja lotado em unidade com sede em Campo Grande; tenha comportamento classificado no mínimo como bom, no caso de praças; esteja desempenhando a atividade fim função do policial militar; não esteja frequentando curso interno ou externo, seja ou não do interesse da corporação; não esteja agregado, em qualquer das situações previstas no Estatuto dos Policiais Militares; tenha parecer apto da junta de saúde da PMMS, conceito favorável de seu Comandante ou Chefe e interesse em se transferir para a Rocam/Cigcoe, caso seja aprovado no curso.

A seleção será realizada em quatro fases, todas de caráter eliminatório: inscrição; inspeção de saúde com ata da Jiso; teste de aptidão física e exame de habilidades físicas; e exame de habilidades na condução de motocicletas. Estarão habilitados para matrícula os candidatos aptos e/ou aprovados em todos os exames a que foram submetidos.

A classificação dos candidatos será feita a partir da soma dos pontos obtidos no teste de aptidão física (TAF) e no exame de habilidades na condução de motocicletas. Em caso de empate, os critérios de desempate são: melhor pontuação do TAF, melhor pontuação no exame de habilidades com motocicletas, antiguidade e maior idade.

Para maiores informações acesse o link: http://www.pm.ms.gov.br/controle/ShowFile.php?id=104132

Comentários