Lojas de roupa também poderão liberar os provadores e restaurante e bares poderão contar com música ao vivo. Veja essas e outras regras que serão flexibilizadas a partir da metade de outubro

O Comitê de Enfretamento à COVID-19 se reuniu na tarde desta quinta-feira (24) para discutir sobre novas ações para os próximos dias. Diversas solicitações foram apresentadas e os membros definiram o que será alterado a partir da próxima semana e o que mudará a partir do dia 15 de outubro, após a publicação dos Decretos Municipais.

Os cursos técnicos, profissionalizantes, inglês e informática, agora poderão receber durante as aulas presenciais alunos de 16 a 59 anos. Mantendo as outras regras, como a de acontecerem apenas aulas práticas, mantendo as teóricas online.

Quanto a templos religiosos, agora poderão aumentar a capacidade de 40% para 50% do total suportado nos locais.

Novos critérios foram estabelecidos, também, para permitir que lojas liberem os provadores de roupas para clientes, como o uso de vaporizador em todas as roupas após a prova, manter as roupas higienizadas separadas por pelo menos 24h, e intercalar os provadores.

Será permitido apresentações musicais em bares, lanchonetes e restaurantes, porém, um das regras é que aconteça apenas com um músico.

Para a partir do dia 15 de outubro, foi definido o retorno do Cinema. Uma das regras estabelecidas foi a de 30% de ocupação do local.

Eventos em buffet também retornarão na metade de outubro, sendo três modalidades, lugar aberto, lugar fechado e drive thru, com regras estabelecidas para todas elas, como o comunicado à Vigilância sobre todas as festas, com a lista de convidados, e número máximo de pessoas definido para cada situação.

Comentários