09/11/2015 16h48 – Atualizado em 09/11/2015 16h48

Amigos consumiram cervejas, vodkas, energéticos, água de coco e relaxaram na piscina do estabelecimento. Na saída, eles afirmaram que não iam pagar a conta, pois não tinham dinheiro. Caso foi parar na polícia.

Lucas Gustavo

Uma casa noturna de Três Lagoas levou um calote de R$ 2.550 na madrugada de ontem (8). A dívida pertence a dois consumidores, de 37 e 38 anos, que desfrutaram dos mais diversos serviços oferecidos pela boate e disseram não ter dinheiro para pagar a conta. A dona do estabelecimento chamou a polícia e eles foram encaminhados à delegacia. O comércio fica na rodovia 262.

De acordo com o boletim de ocorrência, os clientes permaneceram por cerca de quatro horas na casa noturna. Nesse período, eles consumiram cervejas, vodkas, energéticos, água de coco e relaxaram tranquilamente na piscina. Ao receberem a comanda com o valor gasto, os homens se negaram a pagar a dívida. A Polícia Militar foi chamada para registrar a queixa.

Aos investigadores, os amigos contaram que vieram de Brasilândia-MS com a intenção de se divertirem no estabelecimento e que, realmente, não levaram dinheiro e, muito menos, cartão bancário. A dupla estava em uma caminhonete S-10.

O caso foi qualificado como fraude e apresentado à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário. O veículo dos homens permaneceu no estacionamento da boate. Eles foram liberados e intimados a comparecerem no Fórum de Três Lagoas para serem ouvidos. A audiência está marcada para o dia 12 do mês que vem.

Ocorrência foi registrada na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Foto: Arquivo/Perfil News).

Comentários