06/02/2019 07h11

Homem morreu entre Água Clara e Ribas do Rio Pardo. Além dessa ocorrência, o Corpo de Bombeiros atendeu a outro acidente, no Arapuá, onde um motociclista colidiu com uma vaca

Gisele Berto

A noite foi agitada para a equipe do Corpo de Bombeiros de Três Lagoas. Enquanto atendiam à ocorrência de um morteiro que foi encontrado na área urbana do município, os bombeiros foram chamados para ajudar em um acidente que teria acontecido no Distrito de Arapuá.

Um motociclista havia colidido com uma vaca e estaria com ferimentos graves. O homem, de 24 anos, teve fratura de fêmur e estava com muitas dores no quadril. Ele foi imobilizado e encaminhado ao Hospital Auxiliadora.

Pouco tempo depois os Bombeiros foram acionados para um outro acidente, desta vez na BR-262 – e, desta vez, uma ocorrência ainda mais grave.

RODOVIA DA MORTE

No km 157 da BR-262, entre Água Clara e Ribas do Rio Pardo, um caminhão da transportadora Mira teria colidido com uma caminhonete, onde estavam duas pessoas.

Quando os Bombeiros chegaram, um dos passageiros da caminhonete, de 46 anos, já havia sido socorrido por uma ambulância de Água Clara. A outra vítima da colisão, entretanto, não havia sobrevivido aos ferimentos e morreu no local. O nome da vítima não foi divulgado, mas era um homem e tinha 27 anos.

Os Bombeiros fizeram os cortes nos cabos das baterias dos veículos para prevenir incêndios e deixaram o local da ocorrência à 1h40. A Polícia Rodoviária Federal ficou encarregada de investigar as causas do acidente.

Com o impacto a caminhonete ficou destruída. Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros.

Caminhão que colidiu com uma caminhonete na BR-262 na noite de ontem.Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros.

Comentários