08/01/2019 18h33

LINHA DIRETA COM O CIDADÃO

A Ouvidoria-Geral da prefeitura de Três Lagoas já está operando. Agora a população poderá fazer reclamações, sugestões ou elogios da administração

 
Ricardo Ojeda

FONE DO CIDADÃO

O serviço entrou em operação no fim do ano passado e visa facilitar a interlocução entre o cidadão e a prefeitura. O órgão está sobre responsabilidade da Secretaria Municipal de Governo e Políticas Públicas e pode ser acionado através do telefone: (67) 3929-1488.

TRISTE ACONTECIMENTO

Hoje completa 18 anos da morte do ex-prefeito Miguel Tabox. Ele foi assassinado com cinco tiros quando entrava em seu veículo, após sair de uma residência na vila Nova.

REPERCUSSÃO NACIONAL

O fato na época repercutiu a nível nacional através do programa Linha Direta, da Rede Globo. Miguelão, como era mais conhecido era muito popular, deixou muitas saudades. Ele 68 anos e foi morto por tiros disparados por um pistoleiro que estaca em uma motocicleta. Os autores do crime foram todos identificados e presos. O Perfil News vai fazer uma matéria, relembrando o fato.

FUSÃO BILIONÁRIA

Nos próximos dias Três Lagoas será o centro das atenções de investidores. Tudo por conta de uma fusão que envolveu bilhões de reais.

NÚMEROS SUPERLATIVOS

A fusão entre Suzano e Fibria passa a valer na próxima semana, muito provavelmente no dia 14. A partir daí nascerá à maior produtora de papel e celulose da América Latina, com valor de mercado de 79 bilhões de reais, 37.000 funcionários diretos e terceirizados. A nova empresa passará a exportar para mais de 90 países.

MOMENTO HISTÓRICO

Na página do Facebook da Suzano já tem um post que diz: "Estamos a poucos dias de um momento histórico. Um sonho, sonhado por muitos e em conjunto, começa a se tornar realidade. Entre com a gente nesta contagem regressiva. Faltam poucos dias." Seja bem vinda!

LOGOMARCA

De acordo como publicado no site da revista Exame, o grupo resultante da fusão se chamará Suzano S/A, e seu logotipo será formado pelo nome da companhia, com um tipo de letra diferente do adotado até o momento, mais o desenho de uma folha que fazia parte da marca da Fibria.

BALANÇA COMERCIAL

Falando em celulose, o MS fechou o ano de 2018 com US$ 5,6 bilhões em exportações, superando 18,9% em comparação ao mesmo período de 2017. Os dados são do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

PUXANDO AS EXPORTAÇÕES

Dois produtos foram protagonistas desses números: A soja contribuiu com US$ 1,92 bilhão (40,9% a mais do ano anterior) e a celulose em segundo lugar com, US$ 1,89 bilhão, elevando o percentual em 80,6%, se comparando ao ano de 2017.

OUTROS PRODUTOS

É claro, outros produtos; como carnes, frangos e demais industrializados ajudaram na somatória para atingir esse importante volume da balança comercial de Mato Grosso do Sul.

TRÊS LAGOAS NA LIDERANÇA

Importante salientar que o setor pecuário está presente em praticamente em todos os municípios de MS, enquanto a celulose, apenas em Três Lagoas, situação que coloca o município na liderança de exportações de Mato Grosso do Sul.

CADÊ A ATENÇÃO DOS POLÍTICOS?

Diante desses números superlativos é impressionante o pouco causo da classe política em não dar uma atenção melhor a Três Lagoas, como, por exemplo, uma rodovia digna para viajáramos à capital do Estado, bem como um terminal portuário para atrair mais investimentos, além de mais recursos para a saúde, educação, segurança e infra-estrutura para a cidade.

DAQUI NÃO SAIO

Enquanto isso, lá na capital a negociação para a 1ª Secretaria da Assembleia Legislativa continua tudo certo, porém nada definido. De concreto mesmo só o nome do deputado Paulo Corrêa (PSDB) para presidir a Casa. Porém, o atual 1º secretário, depurado Zé Teixeira permanece irredutível no cargo.

PUGILATO

Lá em Água Clara ainda repercute nas redes sociais as cenas de pugilato entre o prefeito Tupete e um rapaz de 19 anos, genro de um vereador daquele município.

ENTREVERO

O vídeo foi gravado na manhã do dia 1º de janeiro, após a sessão que empossou o presidente da Câmara de Água Clara. O entrevero ocorreu na saída, em frente do prédio do legislativo.

Envie seu Comentário