09/11/2018 19h04

NA CAPITAL FEDERAL

Os prefeitos de Três Lagoas, Angelo Guerreiro e de Brasilândia, Antonio Thiago estiveram essa semana em Brasília percorrendo os gabinetes dos ministros, deputados e senadores.

 
Ricardo Ojeda

UM PLUS A MAIS

O périplo pelos gabinetes do poder não foram em vão, como mesmo disse o administrador de Brasilândia, que conseguiu importantes emendas, aparelho de Raios-X, e de quebra, em reunião como, Carlos Marun, ministro da Secretaria de Governo, "um plus" a mais de recursos para investir em seu município.

PARCEIRO

Diga-se de passagem, o prefeito Antonio Thiago (MDB) sempre foi em grande parceiro de Marun, Moka, Simone, Eduardo e Puccinelli. Thiago é companheiro de "quatro costados", e por isso não volta com as mãos vazias quando vai a Brasília.

MAIS RECURSOS

Por sua vez, o prefeito Angelo Guerreiro também conseguiu de recursos para investimentos em Três Lagoas. Um deles foi um convênio com o Ministério das Cidade no valor de R$ 44 milhões, com contrapartida de R$ 3 milhões do município, totalizando 47 milhões. Essa verba será investida em manejo de águas pluviais e saneamento. O contrato será assinado no final deste mês.

FEIRA LIVRE

Guerreiro conseguiu ainda uma emenda impositiva de R$ 500 mil do senador Moka. Além disso, ficou tudo acertado a verba de R$ 5 milhões, via ministério da Agricultura, através dos senadores, Moka e Simone, além do ministro Carlos Marun, que serão investidos na construção da Feira Municipal.

CONTORNO RODOVIÁRIO

Outra verba viabilizada pelo senador Waldemir Moka (MDB) foi R$ 30 milhões para serem investidos nas obras do contorno rodoviário de Três Lagoas. Alguns vereadores acompanharam Guerreiro à Brasília e participaram ativamente das reuniões.

PROPAGANDA ENGANOSA

*Está dando o que falar uma propaganda do um suposto Parque Aquático que, segundo consta será construído em Três Lagoas. Ocorre é que não existe nenhuma parede ou qualquer vestígio de obra no local informado, porém os títulos já foram colocados a venda. Isso é propaganda enganosa, pois fere o direito do consumidor.

MINISTÉRIO PÚBLICO DE OLHO

Como sempre, o vigilante Ministério Público já se manifestou dando prazo aos investidores para apresentar documentações pertinentes do empreendimento, bem como a manifestação da Polícia Militar Ambiental. IMASUL, secretaria municipal de Meio Ambiente, quando a regularidade do empreendimento.

ERRATA

Em relação à matéria "Três Projetos de Lei e dois vetos devem ser analisados na sessão de hoje", publicada no site da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, no dia 06/11/2018, temos a informar que o Projeto de Lei 182/2018, de autoria do deputado Eduardo Rocha (MDB), inclui no Calendário Oficial de Eventos do Estado a Cavalgada de Bonito. O projeto não inclui o Dia Estadual dos Aventureiros Adventistas, como foi divulgado erroneamente. A reportagem já foi editada para correção das informações e pedimos desculpas pelos eventuais transtornos.

MS NA ESPLANADA

Mais uma vez o estado do Mato Grosso do Sul terá um nome na Esplanada dos Ministérios. A deputada federal e líder ruralista, Tereza Cristina foi escolhida pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro para comandar a pasta do ministério da Agricultura.

ESCOLHA ELOGIADA

A escolha do nome da deputada democrata foi muito elogiada pelos líderes do setor responsável pela produção de alimentos e que impulsiona a balança comercial do país.

INCREMENTO

O presidente da Assomasul, Pedro Arley Caravina prevê um incremento de repasse aos municípios em 15% nesse mês de novembro, porém ele pede aos colegas que tenham cautela nos gastos.

PEQUENA RECUPERAÇÃO

A constatação de Caravina é a estimativa divulgada pela Secretaria do Tesouro Nacional. A STN está indicando uma pequena recuperação no repasse do PFM em novembro, se comparando ao mês anterior. A previsão é uma recuperação de 15%.

 

Envie seu Comentário