21/09/2018 15h05

HORA DO TROCO

 
Roberto Costa

HORA DO TROCO I – Depois de ter sido criticado durante as investigações da Lava Jato que culminaram com sua cassação do mandato de senador, Delcídio do Amaral foi inocentado e teve os direitos políticos restabelecidos.

HORA DO TROCO II – Um dos críticos de Delcídio, o deputado federal José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, por certo deve estar preocupado com a inclusão do ex-petista na corrida para o Senado.

HORA DO TROCO II – No apagar das luzes, Delcídio conseguiu registrar sua candidatura para o Senado da República pelo PTC. Os entendidos em política acreditam que ele vai tirar voto do candidato petista.

BENEFICIÁRIOS – Por não ter digerido a falta de apoio quando do período de martírio, a reação de Delcídio tende a beneficiar as candidaturas Waldemir Moka (MDB) e Sérgio Harfouche (PSC).

OUTROS ARES I – Em entrevista ao programa ‘Boca do Povo’, o juiz aposentado e candidato a governador pelo PDT, Odilon de Oliveira, disse que é provável que busque asilo em outro País por falta de segurança.

OUTROS ARES II – Odilon, que já recebeu mais de 20 ameaças de morte, perdeu o direito à escolta federal por determinação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), decisão que discorda frontalmente.

OUTROS AREAS III – A busca de segurança em outro País somente será confirmada se o candidato pedetista não for bem derrotado nas urnas no dia 7 de outubro. Em outras palavras: o juiz é você!

PRECAUÇÃO I – A pesquisa do Ipems/Correio do Estado na estimulada aponta o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) a um passo de ganhar o segundo mandato no primeiro turno.

PRECAUÇÃO II – ... Se não houver nenhum acidente de percurso, ou seja, fato novo, é aconselhável ao juiz aposentado começar a pesquisar preço de passagem promocional nas agências de viagem.

PRECAUÇÃO III – De acordo com a pesquisa do Ipems, Reinaldo teria hoje 42,94% das intenções de voto no levantamento realizado com 1500 eleitores em 40 municípios de Mato Grosso do Sul.

TRÊS TENORES – São indiscutíveis o carisma e o poder de mobilização política dos irmãos Trad (Nelsinho, Marquinhos e Fabinho). Eles reuniram cerca de três mil pessoas na Associação Cultural Nipo Brasileira.

CONFÚCIO – "O homem superior atribui a culpa a si próprio; o homem comum aos outros".

Envie seu Comentário