Para Secretário de Saúde e técnicos da Secretaria o “achatamento” da curva de contaminação no estado tem funcionado devido à adesão da população, que respeita o isolamento social; “fique em casa”, apela Geraldo Resende

O número de casos confirmados de Covid-19 no Mato Grosso do Sul foi a 48 nesta terça-feira, 31. Os quatro novos casos são de Nova Andradina (2), Campo Grande (1) e Alcinópolis.

O Estado de MS registrou hoje, também, o primeiro óbito decorrente do coronavírus: uma mulher de 64 anos, moradora de Batayporã. Ela morreu no início da tarde de hoje no Hospital de Dourados.

Mas nem tudo são más notícias: segundo avaliação dos técnicos da Secretaria de Saúde, em vista de outros Estados brasileiros, Mato Grosso do Sul tem conseguido controlar a epidemia de Covid-19 em seu território. E a causa é a alta adesão da população ao isolamento social proposto pelas autoridades de Saúde.

“As medidas restritivas estão sendo respeitadas e por isso podemos dizer que em Mato Grosso do Sul a doença está sob controle. Por isso eu, como médico, volto a fazer um apelo para que as pessoas continuem seguindo as orientações dos profissionais da saúde do estado e do Ministério da Saúde e mantenham o isolamento social. Só assim vamos ter menos mortes e contaminados”, afirmou o Secretário Geraldo Resende.

De acordo com a infectologista Mariana Croda, que também participou da live do Governo Estadual no Facebook, o Estado tem conseguido manter os índices de contaminação abaixo do que era esperado – e isso se deve ao fato das pessoas estarem levando a sério o isolamento social.

“Por enquanto não há vacina e não há remédio cientificamente comprovado contra a Covid. Nossa única alternativa é permanecer em casa”, afirmou a especialista. Segundo ela, a expansão da curva de contaminação tem se apresentado abaixo da demonstrada em outros estados do Brasil. “Nós esperávamos que, a essa altura, já teríamos números maiores no estado. Em alguns lugares, os índices dobram a cada dois dias. Isso é sinal de que as medidas implementadas, de isolamento social, têm funcionado”, disse.

Os números no estado

MS tem, hoje, 48 casos confirmados de Covid-19, a absoluta maioria na Capital: são 37 casos em Campo Grande. Os outros estão espalhados em Alcinópolis (1), Rio Verde de Mato Grosso (1), Nova Andradina (2), Batayporã (3), Dourados (2), Ponta Porã (1) e Sidrolândia (1).

Todos os casos têm origem conhecida: são pessoas que vieram do exterior ou de locais com índices altos de contaminação, ou tiveram contato com alguém já contaminado. Por essa razão, até o momento a Secretaria de Saúde considera que Mato Grosso do Sul não tem transmissão comunitária

Comentários