15/08/2014 11h58 – Atualizado em 15/08/2014 11h58

Se todos forem aprovados, somente 34,8% das vagas serão preenchidas. Da quantidade total de oportunidades, 329 eram para pediatras

Da Redação

Após três dias de inscrições, entre os dias 11 e 13 de agosto, somente 179 médicos se inscreveram no processo seletivo aberto pela prefeitura de Campo Grande para preencher 513 vagas na área da saúde pública. Se todos forem aprovados, apenas 34,8% das vagas seriam preenchidas, menos da metade.

Trata-se da quarta contratação temporária aberta pela administração pública em 2014. Conforme a assessoria do órgão, a insegurança em atuar nas unidades básicas inibem o interesse dos profissionais.

Da quantidade total de oportunidades, 329 eram para pediatras, número maior que o total de médicos dessa especialidade cadastrados no Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul (CRM-MS) na cidade, que são 278.

Também foram abertas 50 vagas para enfermeiros. Não há informações sobre a quantidade de profissionais dessa área inscritos na seleção. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau), novos processos seletivos devem ser abertos nas próximas semanas.

Na época da abertura do edital, a prefeitura informou, por meio de sua assessoria de imprensa que essas vagas deveriam suprir a necessidade imediata e temporária de profissionais nas unidades, devido à grande demanda de pacientes.

Para os 179 inscritos, será feita uma análise curricular. Os aprovados serão convocados por meio de edital que deve ser publicado na próxima semana. Os candidatos deverão comparecer na sede da Sesau, localizada na rua Bahia, 280, levando documentos e certificados citados no formulário de inscrição. Os médicos cumprirão jornadas de 12 e 20 horas, dependendo da especialidade.

(*)Com informação de G1 MS

Comentários