29/08/2014 10h06 – Atualizado em 29/08/2014 10h06

Oferta só vale para quem for do tipo O negativo, em Campo Grande. Rapaz diz que cerca de 15 doaram, mas não aceitaram dinheiro

Da Redação

Com a mãe internada e precisando de bolsas de sangue do tipo O- (negativo), considerado raro, o microempresário Everton Lima Rocha, 27 anos, decidiu oferecer R$ 50 para cada pessoa que se dispusesse a ajudá-lo. Segundo Rocha, ela precisa de três bolsas dessa tipagem sanguínea devido a uma anemia.

“Estava meio difícil [conseguir doação] e estava precisando com muita urgência, então veio a ideia na cabeça e decidi ofertar”, disse.

Segundo Rocha, a oferta foi publicada em seu perfil em uma rede social na quarta-feira (27) e até esta quinta-feira (28), cerca de 15 pessoas já o procuraram informando que contribuiriam, mas nenhum deles aceitou o dinheiro.

A mãe do rapaz tem 48 anos e está internada no Hospital de Câncer Alfredo Abrão desde o dia 11 de agosto. Ela fez um tratamento contra um câncer no estômago e desenvolveu a anemia.

Rocha disse que a oferta financeira ainda está aberta. “Às vezes, a pessoa quer doar e não quer o dinheiro, mas não tem como ir até a Santa Casa, então nós buscamos em casa ou pagamos o táxi”, informou.

Quem tiver interesse em ajudar, pode entrar em contato com o microempreendedor pelo e-mail [email protected] ou procurar o Hemonúcleo da Santa Casa, Hospital Regional ou Hospital Universitário e fazer a doação em nome de Rosiley Santana de Alcântara Lima Rocha.

REQUISITOS

Para doar, é preciso ter entre 18 e 67 anos, pesar acima de 55 quilos, estar bem alimentado e bem de saúde, não fazer uso de medicamento controlado e não ter ingerido bebida alcoólica doze horas antes da doação. É necessário apresentar documento pessoal com foto, como RG, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou cartão profissional.

No Hospital Regional, o atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h (de MS). A Santa Casa recebe doações de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, e no sábado, das 7h às 12h. No Hospital Universitário, as doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira das 7h às 17h.

(*)Com informação de G1 MS

Comentários