Ao todo, foram plantadas na sede da coordenadoria duas árvores frutíferas e mais de 66 plantas ornamentais e medicinais. Os resultados da ação farão parte de um projeto sobre o tema, que será entregue pelos alunos ao final do curso do Pró-funcionário

Três unidades de ensino de Três Lagoas (MS) foram beneficiadas, em 2019, pelo projeto de implantação de jardins e melhoria de espaços verdes, desenvolvido pelo Programa de Educação Ambiental (PEA) da Suzano. O objetivo do programa é, além expandir a área de jardins e aumentar a biodiversidade na escola, proporcionar aos alunos e professores maior interação com a natureza.

“É importante ressaltar a parceria com instituições de ensino. A nossa equipe apoia com a infraestrutura, mudas e capacitações para dar início a esta ação. Toda a execução e manutenção dos jardins é feita pela instituição parceira. Com isso, aumentamos o envolvimento da comunidade como um todo, profissionais, alunos e proporcionamos o aumento da interação de crianças e professores com a natureza”, destacou Eduardo Ferraz, gerente executivo Industrial da Suzano em Mato Grosso do Sul.

UNIDADES BENEFICIADAS

Entre as unidades escolares beneficiadas, está o CEI (Centro de Educação Infantil) Dona Clarinda Dias Conceição, que recebeu 13 estruturas, como jardim suspenso de pallets, centopeia de pneus e cavaletes de plantas medicinais. Já na Escola Estadual José Ferreira, foram 14 estruturas, incluindo um jardim suspenso com sistema de irrigação aproveitando a água do condicionador de ar. O projeto também foi levado para o CEI Maronita Pereira dos Santos, onde foram instaladas 15 estruturas: jardim suspenso, cantinho da leitura de pallets, centopeia e jardim de cisnes de pneu e cavaletes de plantas medicinais.

“A parceria com a Suzano começou com implantação de uma horta. Já no ano passado, foram instalados os canteiros suspensos, com flores e plantas medicinais e o cantinho da leitura, que ganhou o nome de ‘Cantinho do Saber’. O resultado foi excelente. Agora, por conta do período de férias, muitas mudas terão de ser repostas, mas já estamos providenciando. O mais importante é que tivemos a participação de profissionais do CEI, das nossas crianças e de pais que vieram auxiliar e conhecer o projeto. Muitos levaram a ideia para casa”, completou Marta Antunes de Oliveira, especialista em Educação do CEI Maronita Pereira dos Santos.

Para as três unidades, foram reaproveitados 37 pneus velhos, 32 pallets de descarte, cinco caixotes e cinco garrafões de cinco litros de PET. Ao todo, a ação beneficiou 648 crianças das três unidades escolares.

CRE

Já em fevereiro deste ano, a equipe do PEA também apoiou a instalação de jardins com plantas ornamentais e medicinais na CRE (Coordenadoria Regional de Educação), antigo NTE. A ação foi desenvolvida em parceria com alunos do programa Pró-funcionário, voltado para profissionais administrativos da Educação.

“A ação possibilitou que os alunos aprendessem, na prática, o que viram na teoria nos últimos dois anos. Então, foi possível conhecer as plantas e o manejo de cada uma. Os benefícios são muitos. Torna o ambiente mais saudável, benéfico para a comunidade e para quem trabalha nele, fora o conhecimento repassado aos alunos pela equipe do PEA. Por exemplo, tivemos visitas guiadas à reserva florestal ao lado da PMA, trabalhamos a questão dos recicláveis. O apoio do PEA é de excelente qualidade”, explicou Georgia Medeiros de Castro Andrade, tutora da turma de Infraestrutura do Pró-funcionário.

Ao todo, foram plantadas na sede da coordenadoria duas árvores frutíferas e mais de 66 plantas ornamentais e medicinais. Os resultados da ação farão parte de um projeto sobre o tema, que será entregue pelos alunos ao final do curso do Pró-funcionário. 

CAPACITAÇÕES

Ainda no decorrer do ano passado foram desenvolvidas diversas palestras e oficinas voltadas para temas como consumo consciente de recursos naturais e reciclagem. Ao todo, as ações do PEA Comunidade atingiram diretamente cerca de 460 participantes. Indiretamente, o número de beneficiados passa de 1,6 mil.

SOBRE A SUZANO

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de árvores, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável.

A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

(*) Assessoria – Performa Comunicação

Comentários