14/05/2018 09h06

Construído num terreno de 26.466,28m², o prédio de 15.687,00 m² terá capacidade para 138 leitos e deve ser inaugurado no ano que vem

Gisele Berto

Considerado estratégico para o atendimento da saúde da região Leste de Mato Grosso do Sul, as obras do Hospital Regional de Três Lagoas (HRTL) tem cerca de 114 trabalhadores no canteiro de obras.

De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) as principais frentes de serviço estão concentradas na execução da superestrutura (forma, armação e concreto). “Também são realizadas as tubulações de esgoto e águas pluviais e as instalações elétricas. São os trabalhos primordiais que fazem toda a parte estrutural da obra”, explicou o titular da pasta e engenheiro civil, Helianey da Silva.

Conhecendo a obra

Construído num terreno de 26.466,28m², o prédio de 15.687,00 m² terá capacidade para 138 leitos e contará com blocos setorizados: Bloco A, Bloco B, Bloco D e os anexos.

No bloco A funcionarão os serviços de emergência e urgência, psiquiatria, diagnóstico, tomografia, ressonância magnética, raio-x e ultrassonografia. A estrutura contará com ambulatórios, leitos, centro cirúrgico, auditório, salas de aulas, laboratórios, esterilização e área técnica dos equipamentos de climatização do centro cirúrgico.

Segundo a Agência Estadual de Gestão de Emprendimentos (Agesul), autarquia da Seinfra que gere e fiscaliza as obras no Estado, este bloco já recebeu toda a parte da fundação, a concretagem dos pilares do pavimento térreo, a laje do piso térreo, concretagem das escadas e o escoramento metálico. Atualmente estão em execução a armação das vigas e a das bandejas salva-vidas no perímetro externo.

Já o Bloco B contará com a farmácia, hemodinâmica, diretoria, coordenação, pediatria, alojamento, enfermaria, isolamento, elevador e escada de acesso para o bloco A e casa de máquinas. Neste setor já foi realizada toda a fundação, a concretagem dos pilares do pavimento térreo, concretagem parcial do 1º andar. E estão em andamento a armação das vigas do pavimento do 1º andar e o escoramento da laje.

No Bloco D que contará lavanderia, cozinha e vestiários, além da fundação já foram feitas a concretagem dos pilares do pavimento térreo, da laje de cobertura e a alvenaria cobertura. Estão em execução: as alvenarias interna e externa, as tubulações de esgoto e os serviços elétricos do prédio.

Os anexos da obra, compostos pelas casas de grupos de geradores, casa de gás, central de tratamento de água, central de GLP, central de resíduos e guaritas ainda não tiveram início e segundo a Agesul são setores realizados mais adiante no cronograma. Ao todo a obra já foi 15% executada.

O Hospital Regional de Três Lagoas é um pedido antigo da população da região e está sendo construído no Distrito Industrial, às margens da rodovia BR-158, em uma área doada pelo empresário Magid Thomé Filho à Prefeitura.

A previsão é que quando entrar em funcionamento, o HRTL empregue 652 funcionários em quatro turnos. Os 138 leitos serão divididos da seguinte forma: 6 pré-parto, parto e pós-parto; 3 indução e recuperação de pacientes; 5 observação pediátrica; 22 observação paciente; 2 observação psiquiátrica; 10 UTI cirúrgica; 10 UTI clínica; 48 enfermarias; 4 internação isolamento; 8 semicrítico; 12 preparo e recuperação pós anestésica e 8 observação e recuperação do paciente.

Orçada inicialmente em R$ 68,4 milhões, a obra deve ser concluída até março de 2019. A obra deveria ter sido iniciada em 2014, contudo houve desistência da empresa contratada e foram constatadas incorreções no projeto original, que passou por readequações.

Obras do Hospital Universitário de Três Lagoas. Foto: J.J. Caju

Projeto do Hospital Universitário. Foto ilustrativa

Comentários