Por meio de portarias e emendas federais e estaduais Mato Grosso do Sul recebeu, no total, mais de R$ 268 milhões para enfrentamento à pandemia; Campo Grande, Dourados e Três Lagoas são as cidades que receberam mais verbas

Campo Grande, Dourados e Três Lagoas foram as três cidades de Mato Grosso do Sul que mais receberam recursos federais e estaduais para o enfrentamento à Covid no estado. Os dados foram apresentados nesta segunda-feira, 20, pelo Secretário de Saúde, Geraldo Resende.

Mato Grosso do Sul recebeu mais de R$ 268 milhões, entre emendas e portarias. Epicentro da doença, Campo Grande foi, de longe, a cidade com o maior repasse. A Capital ficou com um terço de toda a verba destinada ao estado: mais de R$ 89 milhões.

Dourados, a segunda cidade em número de habitantes no estado, também é a segunda em número de casos e em recebimento de verbas: com mais de 3700 contaminados, Dourados recebeu mais de R$ 19 milhões para aplicações no combate à Covid.

Três Lagoas

A cidade das águas, terceira maior do estado em população, está em quarto lugar no número de contaminados: 503 pessoas já pegaram o coronavírus por aqui. Três Lagoas é a terceira cidade do estado a receber o maior aporte de verbas: R$ 14.729.245,41 foram destinados à cidade, via emendas e portarias dos governos federal e estadual.

O valor, entretanto, não inclui recursos extras. Por exemplo: cada leito de UTI habilitado pelo Ministério da Saúde recebe um valor diário de R$ 1.600 – e esse valor não está nas contas apresentadas hoje pela Secretaria de Saúde. Como o hospital recebe adiantado três meses, são R$ 144 mil para cada leito que o Ministério da Saúde repassa para o hospital.

Além disso, não estão incluídos testes e EPIs que foram comprados pela Secretaria Estadual e repassados aos municípios.

As informações completas sobre destinação de verbas para as cidades de Mato Grosso do Sul podem ser obtidas na live de hoje do Governo do Estado, abaixo:

🔴 Live – Boletim Coronavírus em Mato Grosso do Sul 20/07

🔴 Live – Boletim Coronavírus em Mato Grosso do Sul 20/07

Gepostet von Governo de Mato Grosso do Sul am Montag, 20. Juli 2020

Atualização da situação no estado

Com 16.637 casos confirmados, Mato Grosso do Sul vive um momento de expansão da doença. A principal preocupação da Secretaria de Estado da Saúde é com Campo Grande e Corumbá, que apresentam aumentos significativos, diariamente, no número de casos.

Além disso a ocupação de leitos de UTI também assusta: em Campo Grande, 84% dos leitos globais (Covid e não-Covid) de UTI do Sistema Único de Saúde já estão ocupados; Corumbá tem 63% de taxa de ocupação, seguida por Três Lagoas, com 58% e Dourados, com 55%.

O número de óbitos também cresce todos os dias. Hoje julho já registrou o dobro de óbitos de todo o mês passado. No total, 228 pessoas morreram vítima da Covid-19 no estado.

Fundo verde. Informações textuais: Boletim Epidemiológico covid-19 no MS. 20 de julho. Novos casos: 234. 85.838 casos notificados, 60.665 casos descartados, 2.407 amostras em análise Lacen, 16.637 confirmados, 11.299 recuperados, 228 óbitos. Existem 6.129 casos sem encerramento que aguardam a atualização dos municípios.
Comentários