19/11/2006 17h04 – Atualizado em 19/11/2006 17h04

Estadão.com.br

A realização da prova da primeira fase do Vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) começou às 14h deste domingo em 25 cidades do País. Os 50.199 candidatos têm que resolver 12 questões dissertativas de matemática, física, química, biologia, história e geografia. Há também uma redação. Cada uma das partes vale 60 pontos.

A duração da prova é de quatro horas e o tempo mínimo de permanência nas salas é de três horas e meia para os candidatos que queiram sair com o caderno de questões. Quem não quiser levar as questões pode sair depois de duas horas.

São eliminados do vestibular os candidatos que obtiverem nota zero em qualquer um dos dois componentes desta prova: redação e questões gerais. Os candidatos são classificados por ordem decrescente da nota obtida nas questões gerais. Os mais bem classificados, em até oito vezes o número de vagas em cada curso, terão a redação corrigida.

Os resultados da primeira fase, com os nomes dos que foram aprovados para a segunda, saem no dia 4 de janeiro. A segunda fase acontece de 14 a 17 de janeiro. Os cursos mais concorridos desse vestibular são: Medicina-Unicamp, com 79,7 candidatos por vaga, Medicina-Famerp (45,4) e Arquitetura (43,9).

Mais de 46 mil inscritos são do Estado de São Paulo, a maior parte, cerca de 13 mil, da capital. O exame será feito em 25 cidades do País: Bauru, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Jundiaí, Limeira, Mogi-Guaçu, Piracicaba, Porto Alegre, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Sumaré e Valinhos.

O vestibular seleciona alunos para 2.954 vagas em 58 cursos da Unicamp e dois da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp).

Comentários