13/10/2015 15h02 – Atualizado em 13/10/2015 15h02

A Câmara Municipal de Três Lagoas realizou sessão solene, na última sexta-feira (9), para conferir a “Comenda Professor Comprometido” a profissionais que atuam no ensino no município.

Assessoria

A comenda, instituída por meio de proposta do vereador Professor Nilo Candido, foi aprovada pela Casa, em 2013, e será concedida anualmente, na Semana de Valorização da Educação.

Em sua fala, o propositor citou o escritor Augusto Cury, o qual destaca que o verdadeiro professor deve formar sucessores e lembrou que a educação deve preparar pessoas para pensar e transformar.

A professora-doutora, Marlene Durigan, falou em nome dos homenageados, lembrando que a lei que confere a comenda valoriza a categoria como um todo. “Valoriza quem pode formar e transformar. Creio em Deus e creio na nossa competência para transformar o mundo”, afirmou.

Tonhão considerou esta função como a mais nobre que o ser humano exerce. “Somos representantes dos três-lagoenses e se estão recebendo é porque merecem”, disse. Ele ainda falou sobre a inversão de valores, já que os alunos, em sua época, respeitavam totalmente aos professores e que muito da educação era responsabilidade dos pais, atualmente transferida aos mestres. “Que vocês continuem animados e encorajados a exercer a profissão”, desejou.

O vereador Idevaldo Claudino estendeu a homenagem realizada a todos os professores do município, destacando que a missão pode ser árdua, mas é compensadora.

Já o vereador Klebinho ressaltou a satisfação de mais um ano prestar a homenagem. “Se não fossem os professores, não haveria outras profissões. São vocês que ainda fazem trabalho de pais e tios”. Ele ainda destacou a atuação do seu homenageado, representado por sua esposa, na solenidade, pois estava em viagem com alunos participantes em competição esportiva, em São Paulo.

“Esta sessão ficará marcada na história porque são os homenageados do centenário da cidade e da Câmara”, afirmou o vereador Jorge Martinho, para o qual a comenda é mais do que justa, àqueles que têm uma árdua luta, tanto em sala de aula quanto fora dela.

Para o vereador Gil do Jupiá, a solenidade é justíssima. “Quero externar meu respeito e dar meus parabéns a todos”, afirmou. Aniversariante da noite, ele disse que se sentia presenteado por poder homenagear uma professora do seu bairro, da qual conhece a história de luta.

“Fico feliz em homenagear esta profissão tão nobre e gostaria que vocês fossem respeitados, como eram antigamente”, destacou a vereadora Sirlene da Saúde.

O vereador Apóstolo Ivanildo lembrou um texto bíblico que diz é preciso que haja dedicação no ensino.

Para ele, a homenagem é uma forma de a Câmara agradecer à dedicação de cada um.
Gilmar Garcia Tosta afirmou que não há caminho para um país, a não ser investir na educação, para elevar seus patamares. Ele relatou ainda que não se esquece de seus mestres e que não vê profissão mais nobre do que a dos professores, que além do conhecimento formal, auxiliam na educação para a vida.

Marcus Bazé disse que a comenda busca fazer justiça e que entende que todos os professores são comprometidos. Por isso, solicitou aos homenageados que estendam e dividam a comenda com os colegas de trabalho.

A delegada do MEC, Terezinha Bazé, dirigiu sua fala aos professores homenageados e presentes, enumerando três pilares para a educação atual: missão de aprender sempre, buscando novos conhecimentos, novas tecnologias; aprender a fazer, recorrendo a quem tem mais especialidades e possa ensinar; e aprender a conviver, a olhar, a acolher a todos, a respeitar as diferenças, as opções, a vida. Para ela, também é necessário que os professores respeitem e acreditem nas possibilidades dos alunos.

O secretário municipal de Juventude, Esporte e Lazer, professor Walter Dias, discursou em nome da prefeita Marcia Moura, externando o reconhecimento dela aos profissionais. Ele disse que escolheria de nova a mesma profissão e a classificou como “nobre arte”. “Para ser professor, temos que ser eternos alunos, temos que aprender algo novo para compartilhar com todos, para ensinar. Que esta comenda seja externada a todos, valorizando a todos os profissionais do município”, declarou.

O presidente da Câmara, vereador Jorginho do Gás lembrou que os países que mais investiram e respeitaram os professores, se tornaram os mais desenvolvidos. Por isso, lamentou cortes anunciados para a educação nacional, no próximo ano, e desejou que os professores tenham mais estrutura e melhores salários para que possam atuar valorizados. “Desejo saúde e sabedoria a todos para exercer esta nobre função”, concluiu.

Na oportunidade, foram homenageados os seguintes professores:

Marlene Durigan – propositor vereador Jorge Aparecido Queiroz

Marlene Auxiliadora da Silva Bezerra – propositor vereador Juvenilo Candido

Marilena Miwa Nagai – propositor vereador Marcus Vinicius Bazé de Lima

Mirian Cristina da Silva – propositora vereadora Vera Helena Arsioli Pinho

Mauro Alves Bernardes – propositor vereador Gilmar Garcia Tosta

Ana Negina Gomes Teixeira – propositor vereador Adão José Alves

Iraci Moraes Suematsu – propositor vereador Ivanildo Teixeira de Faria

Sidinéia Cristina Ferreira Roceli – propositor vereadora Sirlene dos Santos Pereira

Anizeth Gonçalves de Oliveira – propositor vereador Gilmar Leite

Maria Aparecida Mariano da Silva – propositor vereador Roberto Silva de Araújo

Guilherme Costa Garcia Tomaselli – propositor vereador Jorge Martinho

Reinaldo Abrão Camargo – propositor Kleber Carlos Carvalho

Márcia Guedes – propositor Idevaldo Claudino da Silva

Zuleika H. Komatsu Otino – propositor Antônio Luiz Teixeira Empke Júnior

(*)Assessoria Prefeitura de Três Lagoas

Foram homenageados quatorze professores, em sessão solene na câmara (Foto:Assessoria)

Comentários