28 C
Três Lagoas
sábado, 22 de janeiro, 2022
InícioIndústria & ComércioComércioComércio irá receber R$ 584 milhões durante as festas de fim de...

Comércio irá receber R$ 584 milhões durante as festas de fim de ano, diz pesquisa do IPF MS e Sebrae MS

Nas festas de fim de ano, os consumidores pretendem gastar, em média, R$ R$ 218,43 e 50% afirmam que vão passar a data em casa, e 43,70% vão preparar a alimentação em casa

Pesquisa de intenção de compras para o período de fim de ano aponta que o comércio de Mato Grosso do Sul vai receber R$ 583,82 milhões em compras para presentes e comemoração. A pesquisa foi realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio MS (IPF MS) e Sebrae MS. O valor é 26% menor do que o registrado no ano passado. 


“Em 2021, a tendência para comemorações está menor que 2020, o que já nos acende um alerta para o segmento de supermercados e restaurantes que podem ter um cenário diferente do ano passado, quando a movimentação financeira para festas de fim de ano era mais positiva”, comenta o presidente do Sistema Comércio MS, Edison Araújo. Segundo a pesquisa, em compras, os entrevistados afirmam que vão gastar R$ 190,08 mi (10,14% a mais que ano passado), mas com as festas de Natal e de fim de ano, serão usados R$ 194,36 mi e R$ 199,38 mi (-29,55% e -30,69%), respectivamente.


Presentes 

O gasto médio com presente será de R$ 281,86, sendo que 86,10% afirmam que vão até as lojas. “O lojista precisa atrair a clientela, se destacar nesse momento com uma vitrine charmosa, atrativa e um rol de produtos que atendam todo tipo de consumidores. A presença digital também é importante, com um trabalho prévio de divulgação; já mostrando o que tem de novidade e os preços de sua loja. Uma dica importante é deixar sugestões de presentes prontos, alguns ‘combos’ que podem ser oferecidos para quem busca sugestões”, afirma a analista técnica do Sebrae MS, Vanessa Schmidt.

Ainda segundo a analista do Sebrae MS, os consumidores estão mais cautelosos, dimensionando onde e como vão investir esse dinheiro. “Por isso, os lojistas que forem mais competitivos nos preços, ofertarem mais descontos nas vendas à vista podem ganhar um fôlego extra neste fim de ano”, diz.

Os entrevistados afirmam ainda que vão comprar roupas, calçados e acessórios (53,60%), brinquedos (31,80%) e móveis/eletrodomésticos (2,08%). “Esse cliente estará em busca de descontos, pois a tendência é de pagar à vista (37,70%), e estará muito seletivo quanto ao preço (20,20%). Por isso, ter várias opções de faixas de preço pode ser uma alternativa para os lojistas, que já deve tentar cativar o cliente para ele voltar no próximo ano”, aponta a economista do IPF MS, Regiane Dedé de Oliveira.

Comemorações 

Nas festas de fim de ano, os consumidores pretendem gastar, em média, R$ R$ 218,43 e 50% afirmam que vão passar a data em casa, e 43,70% vão preparar a alimentação em casa.

13º salário 

A pesquisa levantou ainda que 44,90% dos entrevistados vão receber o 13º salário, sendo que 22,70% pretendem guardar o recurso; 18,20% vão usar para pagar contas a vencer, e 17,50% para pagar as contas em atraso. “Esses indicadores são importantes para a economia, pois mostram que 35,7% das pessoas querem organizar a vida financeira e, possivelmente, são pessoas que entram 2022 com crédito”, afirma Regiane Dedé de Oliveira.

A pesquisa foi realizada entre os dias 22 de outubro e 18 de novembro nas cidades de Campo Grande, Coxim, Dourados, Três Lagoas, Corumbá, Ladário, Ponta Porã e Bonito.

Infinito Comunicação Empresarial

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.