28/04/2016 11h52 – Atualizado em 28/04/2016 11h52

Uma das dicas é que durante o percurso é importante ficar longe dos pontos cegos dos automóveis

Assessoria

A segurança no transito e na estrada é de responsabilidade principalmente do condutor do veículo. Ele precisa estar atento às condições adversas da pista. Além de se preocupar com o tempo, a pista, outros condutores e pedestres é imprescindível que o veículo esteja em boas condições. Para os motociclistas essa atenção precisa ser redobrada, pois a motocicleta está muito mais vulnerável na pista, e no caso de uma colisão com um carro, por exemplo, é provável que a motocicleta seja a mais afetada.

Muitos acidentes estão relacionados às más condições dos pneus e aos pontos cegos dos automóveis. Pensando nisso, elaboramos algumas dicas de segurança que podem ajudar no dia a dia e se você conhece alguma dica que não esteja abaixo fique à vontade para compartilhar nos comentários.

EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA

Talvez esse assunto já esteja batido, mas nunca é demais falar sobre os equipamentos de segurança. Além dos básicos e obrigatórios como o capacete, não deixe de usar botas para proteger os pés e o tornozelo; luvas que mantenham as mãos quentes e protegidas; jaqueta que proteja bem o peito; óculos escuro para melhorar a visão nos dias de sol; e, uma calça que seja reforçada. Todos esses itens podem fazer a diferença em uma queda.

PREPARE A MOTO

Conhecer a moto é fundamental, mas saber deixá-la pronta e seguran para sair nas ruas é mais importante ainda. Nunca deixe de fazer uma revisão periódica em um mecânico de sua confiança e nunca saia de casa sem dar aquela checada nos faróis, no óleo, na água, no alinhamento e nos pneus. Os pneus é um dos itens mais importantes de serem checados, eles precisam estar em boas condições para que a motocicleta circule em qualquer pista.

Outro fator muito importante sobre os pneus é fazer a troca no tempo certo. Algumas pessoas preferem andar por um tempo com os pneus carecas ou remendados e isso apenas aumentar o risco de acidentes. Quando precisar trocar os pneus, pela sua segurança e pela a dos outros, não exite em trocá-los! É importante saber que apesar de muito opções de pneus para motos no mercado, aposte em marcas de boa qualidade e que estejam de acordo com as especificações do fabricante da sua moto.

DURANTE O PERCURSO

Pequenas atitudes durante o percurso reforçam a segurança do motociclista como: manter sempre os faróis acesos para que seja visto pelos outros veículos mesmo durante o dia; não esquecer de utilizar as setas antes de realizar qualquer manobra e só fazê-la quando estiver certo de que é seguro; ajustar corretamente os espelhos; e, respeitar as sinalizações, principalmente as placas de PARE em subidas.

PONTOS CEGOS

Durante o percurso é importante ficar longe dos pontos cegos dos automóveis, que são aqueles pontos em que o motorista do veículo não consegue ver a motocicleta. Quando se aproximar e for inevitável passar por esses pontos use a buzina e saia do ponto cego o mais rápido possível, pois o veículo pode fazer uma manobra a qualquer momento. Os pontos cegos mais comuns são traseiros, mas existem nas laterais também.

ATENÇÃO NA PISTA

Se tem algo que todo motociclista experiente sabe é que a moto vai para onde você olhar, então mantenha o olhar sempre à frente. Principalmente durante uma curva quando acontece o efeito de contra-esterço – que é o movimento que o guidon faz para fazer uma curva, pelo qual ele precisa ser colocado ao contrário da direção da curva, nesse link explica um pouco mais .

MANTENHA DISTÂNCIA

Tente manter uma distância dos veículos à frente de pelo menos 3 segundos. Esse tempo pode ajudar a fazer a melhor escolha no caso de complicações com os veículos à frente e se puder manter um tempo maior para enxergar o que vai

(*) ABlab

Para os motociclistas a atenção precisa ser redobrada, pois a motocicleta está muito mais vulnerável na pista. (Foto: reprodução pixabay.com)

Comentários