Com o estouro da pandemia, Azul suspendeu a única linha que ligava Três Lagoas a SP e Voepass não chegou a estrear a rota nova; enquanto isso, três-lagoenses que precisam de transporte aéreo dependem de Araçatuba

Desde o final de março não há voos comerciais regulares operando no Aeroporto Municipal Plinio Alarcon, em Três Lagoas. Isso, claro, em razão da pandemia de Covid-19, que obrigou as companhias aéreas a suspender suas operações e a rever estratégias, devido à falta de passageiros.

A Voepass sequer conseguiu inaugurar sua linha, que levaria os três-lagoenses para São Paulo e para Campo Grande. Os trechos, aguardados e comemorados pela população local, seriam inaugurados em 29 de março mas uma semana antes, no dia 23, a empresa comunicou a suspensão temporária de todos os seus voos.

Também no dia 23 de março a Azul suspendeu seus voos regulares, deixando Três Lagoas sem a única opção de transporte aéreo comercial.

Voltando, mas não aqui

Apesar dos números da pandemia não terem recuado, aos poucos as empresas aéreas tentam retomas suas operações – mas não aqui.

A Azul anunciou que voltará a operar sua linha de Dourados a partir de agosto. Também em agosto, no dia 4, a companhia também voltará a voar a partir de Presidente Prudente.

No entanto, Três Lagoas ainda não entrou no planejamento da empresa. A assessoria de imprensa da Azul informou que “diante das incertezas geradas com relação à desaceleração da pandemia e da retomada econômica, a Azul tem mantido uma malha aérea mais abrangente a partir de julho, de forma a poder monitorar as demandas e recuperar a oferta com mais assertividade”.

E continuou: “a companhia tem a expectativa de retomar a maior parte de sua malha ao longo do segundo semestre, mas só será possível definir com mais quais cidades voltarão a receber voos à medida que a empresa consiga ter melhor visibilidade do comportamento do cliente e da economia ao longo dos meses restantes deste ano. No entanto, por ora, não há previsão de retomada das operações em Três Lagoas”.

Voepass: analisando oportunidades

Já a Voepass, que precisou interromper os planos de expansão por conta da pandemia, afirmou que Três Lagoas faz parte das possíveis oportunidades de novas operações, mas não confirma a retomada. Acompanhe a nota enviada pela assessoria de imprensa:

Por conta da pandemia do novo Coronavírus, além de todas as operações da VOEPASS Linhas Aéreas terem sido suspensas no dia 23 de março, novos destinos até então programados para este ano, também precisaram ser adiados temporariamente. A companhia retomou parte de suas atividades no último dia 03 de julho e analisa possíveis oportunidades de novas operações, incluindo a cidade de Três Lagoas, mas até o momento não existe confirmação“.

Próxima parada: 140km

Até que as empresas aéreas definam seus planejamentos, a distância mais próxima entre o três-lagoense e um aeroporto é de 140km: Araçatuba, no interior paulista, já está com voos operando. São duas linhas regulares, uma operada pela joint venture Gol/Voepass, de Araçatuba a Guarulhos, e outra da Azul, que leva ao aeroporto de Viracopos, em Campinas.


Comentários