Vagas compreendem o Parque Aquático e os hotéis que farão parte do complexo; inauguração está prevista para o início de 2021

O Complexo do Parque Aquático Acqualinda, em construção no município de Andradina, deve gerar três mil vagas de empregos diretas para a região. O empreendimento deve ser inaugurado entre o final deste ano e o início do ano que vem.

A notícia foi repassada em comunicado pelo empresário Mário Celso Lopes, desenvolvedor do empreendimento. Segundo o comunicado, esse número de vagas corresponde ao dobro das vagas da maior indústria em atividade em Andradina.

Com investimento aproximado de R$ 500 milhões, o Acqualinda é o maior empreendimento particular do estado de São Paulo em construção no momento.

Os empregos serão divididos entre o parque propriamente dito e os hotéis Acqua Resort e Gran Lagoon – Vilas do Mediterrâneo. Além dos empregos diretos, o empresário salienta que um empreendimento desse porte acaba desenvolvendo toda a cidade.

“A geração de empregos neste ramo da indústria do entretenimento é exponencial e aumenta ainda mais no caso do desenvolvimento dos parques de matriz aquática no país. Por exemplo, toda a operação da Pousada do Rio Quente (GO) gera cinco mil empregos”, afirmou.

Obras em andamento

A construção do parque acontece a todo vapor. A grande piscina de ondas do parque já foi toda concretada. Ela consumiu 850m cúbicos de concreto, que equivalem a 120 caminhões betoneira. O concreto utilizado nesta piscina de ondas seria suficiente para fazer uma calçada de 3m de largura por 6 km de comprimento.

Comentários