19/03/2012 16h07 – Atualizado em 19/03/2012 16h07

Carros novos apreendidos de condutores sem CNH lotam pátio do Detran

A cada fim de semana cerca de 20 a 30 veículos são apreendidos em Três Lagoas, a maioria com documentação vencida e dirigida por condutores sem CNH

Adriano Vialle

No início deste ano o Detran de Três Lagoas passou a ter um novo pátio para automóveis apreendidos e solucionou um problema que era a superlotação de carros, porém não resolveu o problema para as motocicletas que lotam o pátio localizado nos fundos do departamento e até alguns lugares provisórios.

O fato que chama a atenção no pátio do Detran, no entanto, é o grande número de carros novos apreendidos. A situação é provocada pelo aumento das apreensões durante fiscalização. Nas blitze, o policiamento de trânsito apreende veículos sendo dirigidos por condutores sem CNH.

Segundo Renata Gaspareto de Oliveira, responsável pelo setor de multas e liberação de veículos, os principais motivos das apreensões são a falta de habilitação, licenciamento vencido, e direção sob influência de álcool.

Renata afirmou que os índices maiores de apreensões são verificados nos fins de semana. “Todo final de semana cerca de 20 a 30 veículos são apreendidos, principalmente quando é realizada blitz na cidade, a maioria motocicletas e condutores que não possuem habilitação”, afirmou.

De acordo com Renata Oliveira, os veículos apreendidos são encaminhados ao pátio do Detran e durante 20 dias é isento da taxa da diária. “Após o 21º dia é cobrada taxa de R$ 11 por dia para automóveis e de R$ 3 para motos. Esse valor se estende no máximo até 1 mês, é um estimulo para incentivar o condutor a buscar o veículo”, explicou.

APREENSÕES

Segundo o Detran, hoje são 584 veículos apreendidos ‘esquecidos’ no pátio e o que chama a atenção são os veículos novos e seminovos e alguns importados, que estão retidos há mais de 1 mês. “As principais causas das apreensões desses carros são por falta de documento do veículo e o condutor não regulariza a situação e deixa no pátio. Geralmente as placas são de outras cidades e outros estados”, diz.

CARROS NOVOS

A Reportagem do Perfil News observou no pátio do departamento um Ford Fusion, com placa de Amapá, está desde o começo desse ano no pátio do Detran, o condutor não possuía documento. Outros carros como uma Toyota batido, com placa de Araçatuba, um carro modelo Celta 2012, não portava documento do carro e um Golf o condutor não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação), o veículo está preso desde janeiro de 2012. Renata explica que esse tipo de situação acontece com muita freqüência e que a cada 10 dias enviam uma notificação ao dono do veículo para buscar o automóvel.

Há meio de proteger o carro novo, como por exemplo, por uma capa de proteção, informou Renata. “Há essa possibilidade, tem toda uma burocracia precisa ter autorização para esse tipo de situação”.

Outra problemática é a situação das motocicletas, o pátio está lotado. “Uma vez por ano tem leilão das peças, no último aconteceu em novembro do ano passado, desocupou cerca de 30% do espaço, porém ainda necessitamos de lugares principalmente para as motos”, concluiu.

Motocicletas lotam pátio do Detran de Três Lagoas. (Foto: Adriano Vialle)

Carros novos apreendidos são comuns no pátio do Detran de Três Lagoas. (Foto: Adriano Vialle)

Carro importado está apreendido há 2 anos no pátio do Detran. (Foto: Adriano Vialle)

Comentários