09/04/2019 09h45

Evento, nos dias 12 e 13, tem como tema principal “Democracia e Saúde”

Redação

Três Lagoas prepara-se para a realização da 8ª Conferência Municipal de Saúde, que tem como tema central das discussões e propostas “Democracia e Saúde”. O evento, promovido pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS), com o apoio da Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e aberto a toda a população, será no recinto do Plenário da Câmara Municipal, na sexta-feira (12) e sábado (13).

A solenidade de abertura será na sexta-feira, às 18h30, com apresentação cultural da Orquestra de Violeiros e palestra da professora doutora, Kaelly Virgínia de Oliveira Saraiva. Ela irá proferir palestra abordando a temática “Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS – Sistema Único de Saúde”. A programação continua no sábado, a partir das 7h, com apresentação da Banda Marcial “Cristo Redentor” e leitura e aprovação do Regulamento da 8ª Conferência Municipal de Saúde.

A Conferência Municipal de Saúde, como estabelece o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), acontece periodicamente, de quatro em quatro anos, por ocasião do 3º ano do governo municipal, quando é elaborado o diagnóstico da saúde local.

Como ocorre em todas as Conferências de Saúde, serão discutidas as principais demandas e prioridades locais, concluindo com a formulação de propostas, que deverão ser aprovadas em Plenário para encaminhamento à Conferência Estadual de Saúde pelos delegados também eleitos para representar o município de Três Lagoas.

A programação está prevista para se encerrar os trabalhos às 17h de sábado, após elaboração, leitura e aprovação do Relatório Final, em plenário.

CONFERÊNCIA ESTADUAL

A Conferência Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul está agendada para os dias 4 e 5 de junho, em Campo Grande, quando, seguindo a mesma dinâmica de discussões, serão escolhidas as propostas e eleitos os delegados que representarão o Estado em Brasília. A Capital Federal, neste ano, vai sediar a Conferência Nacional de Saúde, no período de 4 a 7 de agosto, abordando a mesma temática central “Democracia e Saúde”.

Em torno desse eixo central de discussões, como deverá ocorrer no Município e no Estado, os delegados, representando seus respectivos Estados, estarão discutindo e também elegendo propostas em torno do seguinte: Saúde como Direito; Consolidação dos Princípios do SUS); e a questão do Financiamento da Saúde.

Comentários