Por volta das 11 horas da manhã pelo menos 3 Super Tucanos A 29, pousaram no Aeroporto Internacional de Campo Grande junto a Base Aérea

A Força Aérea Brasileira (FAB) ainda não deu nenhuma informação sobre a interceptação de uma aeronave que não tinha informado seu plano voo e foi interceptada por aviões de caça A 29 o Super Tucano do Esquadrão Flecha baseado na Base Aérea de Campo Grande.
O piloto da aeronave Beechcraft Baron foi informado para seguir para o aeroporto de Três Lagoas e deveria pousar por volta das nove horas da manhã deste domingo, mas arremeteu antes de tocar a pista onde agentes da Polícia Federal já aguardavam. Um helicóptero da FAB fez um sobrevoou em Três Lagoas e também saiu na caça do Baron.

Montagem de fotos que mostra a perseguição da FAB no espaço aéreo de Três Lagoas (Foto: Isabela Silva Garcia)


A perseguição continuou e logo depois todas as aeronaves não foram mais vistas pelos moradores da região que disseram que os pilotos voavam no sentido de Dourados. Depois houve a informação de que as aeronaves foram vistas na região de Ivinhema sentido Navirai.
Por volta das 11 horas da manhã pelo menos 3 Super Tucanos A 29, pousaram no Aeroporto Internacional de Campo Grande junto a Base Aérea. Informações não oficiais dão conta de que a aeronave teria caído no município de Naviraí por pane seca, ou seja, falta de combustível.
Nenhuma autoridade deu nenhuma informação sobre o fato, mas populares relataram a queda e a presença de aviões militares na região.

Comentários