30/04/2015 12h01 – Atualizado em 30/04/2015 12h01

O vídeo documentário aborda a temática do grafite e pichação em Campo Grande

Da Redação

O Bocacine Cine Clube exibirá no próximo domingo, dia 3 de maio, o vídeo documentário “Contra a Parede”, que foi desenvolvido em 2014 e é resultado de um trabalho de conclusão de curso de formandos de Comunicação Social/Jornalismo, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. O filme aborda a temática do grafite e pichação em Campo Grande.
A exibição do documentário será às 18h no Centro Cultural “Professora Irene Marques Alexandria”, que fica à esquina da Rua Alexandre Costa com a Rua Paranaíba, próximo a Lagoa Maior, no Centro.
O vídeo documentário apresenta um debate envolvendo duas formas de intervenções gráficas urbanas, cada vez mais presentes no cenário da capital sul-mato-grossense e contrapõe as motivações e justificativas de grafiteiros/pichadores com contextos sociais e legais que cerceiam as atividades.

DOCUMENTÁRIO

A verticalização, o crescimento periférico e o desenvolvimento de uma cultura urbana com personalidade própria culminam em situações e debates que não entravam na pauta dos cidadãos. E tanto o grafite quanto a pichação afetam, hoje, mais do que somente o seu suporte previsto (muros e paredes), mas também o cotidiano dos campo-grandenses.
“Contra a Parede” representa a fala dos protagonistas silenciosos desta nova questão social. Pichadores e grafiteiros defendem suas formas de expressão, seja como arte ou protesto, e trazem um novo olhar sobre as motivações e consequências de seus trabalhos. Conheça novas realidades da capital e forme o seu próprio conceito entre o vandalismo e a revolta, a depredação e o enriquecimento estético, legal e ilegal, “picho” e grafite.

Contra a Parede” representa a fala dos protagonistas silenciosos desta nova questão social.  (Foto: Divulgação)

Comentários