14/03/2016 18h17 – Atualizado em 14/03/2016 18h17

Tigre pede R$ 9 milhões pelos direitos do atacante, mas Timão aceita pagar apenas a metade do valor. Jogador está emprestado até o fim do Campeonato Paulista

da Redação

O Corinthians voltou a negociar com o Criciúma a compra dos direitos econômicos do atacante Lucca, titular do Timão neste início de temporada. O clube paulista ofereceu R$ 4,5 milhões pelo jogador, metade do que a equipe catarinense gostaria de receber.

Em conversas no fim do ano passado, o Criciúma disse ao Corinthians que só fecharia o negócio por cerca de R$ 9 milhões. O Tigre é dono de 65% dos direitos do atacante. O restante pertence ao Cruzeiro.

O montante é considerado muito alto pelos dirigentes corintianos. No início do mês, o Timão chegou a oferecer R$ 13 milhões para contratar o também atacante Clayton, destaque do Figueirense. O jogador, porém, fechou com o Atlético-MG.

O Corinthians teme a concorrência de outros clubes e tenta acelerar a negociação. O atacante está emprestado até o fim do Paulistão, em maio, e quer decidir seu futuro rapidamente. Dirigentes corintianos, aliás, foram informados de que o Flamengo sondou o jogador nas últimas semanas. O Rubro-Negro nega qualquer contato.

O Corinthians tinha a possibilidade de adquirir os direitos econômicos de Lucca por valor menor no fim do ano passado. A primeira oferta de compra após o empréstimo feita ao Criciúma, em dezembro do ano passado, foi negada por ser considerada muito baixa.

Lucca, de 26 anos, teve bom desempenho na reta final do Brasileirão 2015 e virou titular com a venda de Malcom para o Bordeaux, da França. O jogador vem alternando boas e más atuações nesta temporada. Em 15 jogos, ele marcou dois gols – contra Ferroviária e São Paulo, ambos pelo Campeonato Paulista.

(*) Globo Esporte

Lucca durante treino do Timão no CT (Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians)

Comentários