O Projeto pretende suspender as cobranças de empréstimos consignados, contraídos pelos servidores públicos estaduais e municipais, ativos e inativos, tanto civis quanto militares, junto às instituições financeira

Diante das dificuldades financeiras que a pandemia do coronavírus vem causando em muitas famílias, sobretudo dos funcionários públicos, o deputado coronel David apresentou projeto de lei que visa, em caráter excepcional,  suspender as cobranças de empréstimos consignados (ou seja, com desconto em folha) contraídos pelos servidores públicos estaduais e municipais, ativos e inativos, tanto civis quanto militares, junto às instituições financeiras, pelo prazo de 90 dias. 

“Este é um período difícil que vamos atravessar juntos, porém criando condições para que as famílias tenham capacidade financeira de superar isso”

Coronel david

Deputado estadual

Este prazo de suspensão poderá ser prorrogado por igual período ou enquanto durar o estado de calamidade pública. O projeto determina que as parcelas que ficarem sem pagamento durante este período, deverão ser acrescidas ao final do contrato, sem a incidência de juros ou multas. “Este é um período difícil que vamos atravessar juntos, porém criando condições para que as famílias tenham capacidade financeira de superar isso”, frisou Coronel David.

Comentários