Por se tratar de ser de família tradicional, a prefeitura de Porto Murtinho contratou funerária de Campo Grande para levar os corpos ao município fronteiriço

O acidente que ceifou a vida da professora, Nilda Torales Ferreira, de 33 anos e de seus dois filhos, de 10 e 12 anos abalou a comunidade docente de Três Lagoas e Porto Murtinho.

A professora retornava de uma viagem da cidade de Porto Murtinho, onde mora seus familiares, onde são tradicionais.  Segundo informações de amigos, ela teria ido à cidade rever seus familiares, aproveitando a paralisação das aulas.

A professora e os dois filhos que estavam no veículo (Foto: Divulgação)

De acordo com informações do diretor da escola Bom Jesus, José Bento Arruda, Nilda estava morando em Três Lagoas há uns cinco anos. Ela teria vindo à cidade para fazer um mestrado e acabou fixando residência em Três Lagoas. Seu marido, é servidor público estadual, lotado na escola Luiz Lopes de Carvalho, como agente patrimonial.   

Segundo, Arruda, ela teria concluído o curso de Direito no ano passado, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, porém estava lotada como professora de Língua Portuguesa, na escola Don Aquino Correa, que inclusive a direção do estabelecimento estadual de ensino decretou luto por três dias.

Ao lado do deputado federal, Dagoberto e do amigo João Bento Arruda ela se filiou ao PDT (Foto: Divulgação)

A professora, nos poucos anos que ela morou em Três Lagoas, conseguiu ser muito bem relacionada, ao ponto de seu nome ser cogitada para ser candidata a vereadora pelo PDT, porém ela abriu ela desistiu para dar a vaga a uma outra colega do partido, disse Arruda.

RETORNO

No retorno para Três Lagoas, segundo informou Arruda, ela parou em Sidrolândia, para visitar uma irmã, onde permaneceu por dois dias, saindo ontem, às 21 horas para Três Lagoas. De acordo com o relato, a professora ao passar por Ribas do Rio Pardo, aproveitou para descasar, tirando um cochilo, seguindo viagem em seguida. Chegando em Água Clara ela deu uma consultada no aplicativo WhatsApp, como mostra o registro às 5hs12, disse Arruda. “Eu tenho ela no aplicativo e vi que ela utilizou o whats provavelmente para enviar alguma mensagem”, disse.

Por volta de aproximadamente 6hs30 aconteceu a fatalidade, seu veículo invadiu a faixa contrária, colidindo de frente com uma carreta tritrem, vindo a óbito os três ocupantes.  

Comentários