12/04/2016 16h33 – Atualizado em 12/04/2016 16h33

Após um incidente na tarde de hoje (12), os bombeiros dão dicas para evitar acidentes domésticos, relacionados ao fogo

Patrícia Miranda com informações

Uma casa, localizada na Rua Alaor Garcia Pereira, no Bairro Vila Alegre em Três Lagoas, foi o ambiente de desespero no início da tarde desta terça-feira (12), em razão do começo de um incêndio.

Conforme informações do tenente do Corpo de Bombeiros de Três Lagoas, Waldevino Pinheiro, uma criança de seis anos teria provocado o princípio de incêndio. “O que nós constatamos é que a criança estaria brincando com uma vela e em dado momento, uma cama de casal e solteiro, além de roupas começaram a pegar fogo”, informou o bombeiro.

Ao perceberem, os pais pediram ajuda e vizinhos os auxiliaram e comunicaram o fato ao Corpo de Bombeiros, que deslocou rapidamente duas viaturas de incêndio e salvamento, além de uma ambulância.

Após o atendimento, os bombeiros constataram que não havia feridos no local em que moram quatro pessoas (um casal e duas crianças).

ORIENTAÇÕES DO CORPO DE BOMBEIROS

Após o incidente ocorrido nesta tarde, o 5º Grupamento de Bombeiros Militar de Três Lagoas, encaminhou para a redação do Perfil News orientações para que acidentes como estes sejam evitados e que tragédias aconteçam.

Todos os dias, equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS) atendem ocorrências que podem ser evitadas, mas que requerem cuidados e atenção das pessoas. O alerta é para a permanência de crianças em casa, que acabam exigindo dos pais atenções redobradas para evitar acidentes domésticos, como queimaduras e até afogamentos.

Por motivo de segurança é necessário certificar se a chama do fogão está apagada, esquecer panelas no fogão e uso indevido da panela de pressão podem provocar um incêndio.

O uso do benjamin ou “T”, quando sobrecarregado também apresenta riscos de curto circuito e incêndio, fio desencapado ou emendas de fios também pode provocar acidentes e pessoas que fumam cigarro nos quartos ou fazer uso de velas ou semelhantes podem causar tragédias.

Para as crianças que permanecem em casa, a orientação é para nunca deixar crianças pequenas, sem vigilância e em contato com objetos como velas ou semelhantes.

Outras dicas são essenciais:

1- Pais e responsáveis devem sempre coibir brincadeiras com fósforo e isqueiros, bem como material inflamável;

2- Produtos inflamáveis devem ser guardados em locais seguros e longe do alcance das crianças;

3- Não acenda churrasqueira com crianças próxima, e nem permita que participem dessa experiência;

4- Oriente as crianças sobre o que é fogo, sua aplicação e os riscos de incêndio, explosão e queimaduras.

O telefone do Corpo de Bombeiros é o 193.

(*) 5º Grupamento de Bombeiros Militar de Três Lagoas

O que restou do colchão de solteiro, após uma vela acesa e manuseada pela criança de seis anos que deixou cair. (Foto: 5º GBM de Três Lagoas)

Um outro colchão também foi atingido pelo fogo. (Foto: 5º GBM de Três Lagoas)

Comentários