20.6 C
Três Lagoas
quarta-feira, 20 de outubro, 2021
InícioNotíciasPolíticaCPI da Covid: Senadores trocam xingamentos, acusações e quase saem no tapa

CPI da Covid: Senadores trocam xingamentos, acusações e quase saem no tapa

Aos gritos de “Ladrão!”, “Picareta!”, “Vagabundo!”, “Puxa-saco!”, entre outros,Renan Calheiros e Jorginho Melo quase chegaram a agressões físicas

Aos gritos de “Ladrão!”, “Picareta!”, “Vagabundo!”, “Puxa-saco!”, entre outros, os senadores Renan Calheiros (MDB-AL), e Jorginho Melo (PL/SC) quase chegaram a agressões físicas durante a sessão da CPI da Covid-19 na manhã desta quinta-feira (23).

O bate-boca começou quando Mello, aliado do presidente Jair Bolsonaro, tentou fazer uma defesa do governo federal e disse que Renan Calheiros, relator da CPI, estava envolvido em desvios de recursos.

Mello retrucou: “Você é um ladrão, picareta”.

Calheiros partiu para cima de Mello e o parlamentar catarinense apontou o dedo em riste no rosto do relator da CPI. A confusão foi contida por outros senadores integrantes da CPI.

Após os ânimos se acalmarem, o presidente da comissão, senador Omar Aziz fez um apelo aos dois colegas: “Em nome da harmonia, quero pedir uma coisa encarecidamente. Vocês dois, que são bastantes maduros, creio eu, que um pedido recíproco de desculpas.”

No entanto, ele não foi atendido. Tanto que, logo em seguida, Renan e Jorginho voltaram a bater boca. Por fim, Aziz pediu aos servidores do Senado para que os xingamentos fossem retirados das notas taquigráficas da CPI, para que não ficassem documentadas. 

Mas a confusão foi transmitida ao vivo, por meio da TV Senado, e replicada por canais de televisão fechados. A TV Senado chegou a cortar o áudio quando os ânimos se acirraram e os dois senadores se aproximaram, tendo de ser contidos por colegas e até seguranças da Casa.

(*) O Tempo

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Comentários
error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.