12/04/2014 10h53 – Atualizado em 12/04/2014 10h53

Os profissionais apresentam suas necessidades e a prefeita se comprometeu a dar maior celeridade aos atendimentos

Da Redação

No dia 21 de março o presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis, Delso José de Souza, acompanhado do Diretor de Convênios, Mário Soares de Arruda, esteve em Três Lagoas para acompanhar o presidente da Associação das Imobiliárias e Corretores de Imóveis de Três Lagoas (AIC), Luiz Alberto Gusmão, em reunião com a prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura e o secretário de Receita e Assuntos Governamentais, Walmir Arantes. “O Conselho tem como uma de suas metas se aproximar dos corretores de imóveis e apoiar a categoria em seus pleitos junto ao poder público faz parte deste propósito”, explica o presidente do CRECI/MS, Delso José de Souza.

A reunião foi viabilizada pelo deputado estadual Eduardo Rocha, que se colocou mais uma vez à disposição da categoria para contribuir de todas as formas possíveis.”Os corretores de imóveis contribuem de maneira significativa para a geração de renda nos municípios, a medida que possibilitam a realização de transações imobiliárias de forma segura e com credibilidade”.

Os profissionais apresentam suas necessidades e a prefeita se comprometeu a dar maior celeridade aos atendimentos.A partir de junho, serão disponibilizados terminais exclusivos no setor de Tributação da Prefeitura para otimizar o trabalho dos corretores de imóveis, que representam grande parcela dos contribuintes, durante atendimentos relacionados ao ISS (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) e o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

“Para organizar uma cidade é necessário que o Poder Público mantenha contato com o setor imobiliário, a fim de analisarmos questões ambientais e cumprirmos a legalidade. Fortalecer o setor imobiliário e disponibilizar o que o cliente deseja é um trabalho em conjunto que desenvolve diversos setores através da geração de negócios”, ressaltou Márcia Moura.

Luiz Alberto Gusmão lembrou que outra reivindicação é o parcelamento do Imposto sobre Transmissão de Bens, o ITBI e para que a Prefeitura forneça aos investidores que chegam ao município a relação de corretores de imóveis e imobiliárias locais. “É uma forma de valorizar nossos profissionais, oferecendo um serviço de quem está presente e conhece a realidade do mercado local”, explica.

(*) Com informações de Assecom Creci

A reunião foi viabilizada pelo deputado estadual Eduardo Rocha, que se colocou mais uma vez à disposição da categoria para contribuir de todas as formas possíveis (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários